Os melhores momentos que vivemos em família

A importancia da família na vida das crianças

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Nem sempre os melhores momentos que uma família vive estão registrados numa fotografia ou num vídeo. Os melhores momentos nem sempre são os mais importantes como é o primeiro dia que o bebê dá os seus primeiros passos ou o dia que seu filho diz 'papai' ou 'mamãe'.

Viver em família com as crianças 

A importancia da família na vida das crianças

Eu me refiro a um momento do dia a dia, do cotidiano familiar, em que vocês se reúnem e fazem algo juntos que gostariam que não terminasse nunca. Qual é o melhor momento que você vive em família

Na minha casa, há anos, vimos construindo um momento só nosso. Algumas vezes aparecem alguns pequenos 'piratas' de surpresa, amiguinhos da nossa filha, a quem acolhemos com muito gosto, mas normalmente existem dias que estamos em família.

Ao cair da tarde das sextas-feiras nós sempre nos reunimos para conversarmos, compartilhar um filme, um documentário ou um vídeo familiar, um jogo, uma brincadeira, com comidinhas, ou simplesmente para escutarmos uma boa música.

Até o nosso cachorrinho de estimação participa das nossas farras, afinal ele é o 'nosso filho' mais novo. É um momento verdadeiramente único que com certeza guardaremos todos na memória. 

Algumas vezes, esse momento vai parar numa sala de cinema, boliche ou num passeio pelo parque. São momentos em que alimentamos nossos vínculos, que servem para que a gente se conheça mais. Compartilhamos piadas e anedotas, risadas, gargalhadas. Isso a gente vem fazendo desde que nossa filha era pequena quando buscamos o diálogo e a afetividade.

Antes, esses momentos se concentravam mais nela, em dançar e desenhar com ela, em contar-lhe contos, teatro de marionetes ou simplesmente escutar juntos, suas canções infantis favoritas. 

Se eu tivesse que dar um título para esses momentos seria 'emoção e prazer'. A emoção e o prazer de poder estar juntos, de aprender, de compartilhar, de fortalecer nossos laços familiares. Estou segura de que quando nossa filha crescer, ela sentirá necessidade de ter momentos como esses, alguma vez com a gente e outras com seus amigos e a família que ela construirá

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com