6 mentiras que os pais contam aos filhos

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Ninguém se livra, nem sequer o pai ou a mãe mais sincera. Todos os pais, alguma vez, já disseram alguma mentirinha aos filhos. Mentimos às crianças para protegê-las, porque desconhecemos a resposta, porque preferimos que desconhecessem certas verdades no momento ou porque nos colocaram em aperto.  

Se formos sinceros com nós mesmos, com certeza algumas mentiras são desnecessárias, mas outras são preferíveis à crua verdade. São justamente essas que vamos tratar neste blog. 

6 mentirinhas que dizemos às crianças

6-mentiras-que-os-pais-contam-aos-filhos A

Existem mentiras que não podemos evitar, e se o fizéssemos poderia desencadear uma pequena tragédia. Você imagina quais?

1 – Que desenho lindo! Também é aplicável a um trabalho manual da escola ou qualquer coisa que tenham elaborado com carinho com suas pequenas mãozinhas. Qual é o pai que se atreve a dizer à criança que aqueles rabiscos não estão lindos quando olham para aquele rostinho cheio de esperança?

2 – É hora de dormir! Em geral, na hora de mandar a criança ir para a cama tem uma relação diretamente proporcional ao nosso esgotamento. Quando já não podemos mais e diante do desconhecimento do horário, a gente costuma dizer que é o momento de dormir, seja ou não.

3 – Está fechada: se a gente não está com vontade de ir à piscina, ao zoológico ou à loja de brinquedos e não temos escapatória. Argumentar seria inútil. 

4 – Ou você se afasta da televisão ou ficará cego: hoje em dia também dizemos isso quando nosso filho encosta o nariz no tablet ou smartphone, e diante da mania das crianças em comer assistindo televisão, ainda que seja de 80 polegadas, não sobra outra opção a não ser a mentirinha dos pais ameaçando com a cegueira.

5 – Está delicioso! Você tem que provar: pode ser que nunca a gente tenha comido um prato de vagem ou de fígado e que o seu cheiro nos causa enjôos, mas para as crianças a gente tem que dizer que estão deliciosos. 

6 – Se você ficar zarolho vai acabar ficando assim: também é aplicável às numerosas caretas que tanto as crianças gostam, da mesma forma que realizar contorcionismos com o corpo.

Se você acha que a lista que apresentamos, ao longo da infância é interminável: coelhinho da páscoa, Papai Noel, a cegonha, as vitaminas do suco... 

A maioria das mentirinhas que os pais dizem aos filhos é para protegê-los ou para cuidar da sua saúde e segurança.

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com