O poder dos dentes de leite para salvar uma vida

Vilma Medina

Vilma Medina

Que pai não guarda o primeiro dentinho de leite do seu filho? É um momento mágico, único e irrepetível. Eu conheço alguns que guardam todos os dentes de leite em uma caixinha. Mas, qual a importância dos dentes de leite, se já não servem mais... Ou servem? 

O grande poder que os dentes de leite escondem

o-poder-dos-dentes-de-leite A 

Os dentes de leite não são meros dentes de transição, mas escondem um grande poder: as células-tronco. A polpa do dente tem células-tronco, bem protegidas num lugar estéril. Sim, as mesmas células que se conservam junto com o cordão umbilical de muitos recém-nascidos. 

Ainda que se investiguem as possibilidades regenerativas dessas células, já se usam em mais de 70 operações e intervenções, como, por exemplo, nos implantes dentários. As células-mãe fazem com que o tecido e o osso se regenerem mais depressa e reduz a possibilidade de rejeição no caso de implantes dentários. 

Mas, além disso, as células-tronco do dente podem ser utilizadas além do ‘proprietário’ do dente pelos seus familiares também, e um recente estudo tem demonstrado que essas células são capazes de gerar insulina. Por isso, muitos centros de pesquisa de células-tronco pensam no grande poder dos dentes de leite. Para aproveitar suas virtudes, isso sim, eles devem ser conservados, da mesma forma que se faz com o cordão umbilical. A desvantagem: existem poucos ‘Bancos de dente de leite’ e o preço para utilizá-los ainda é muito elevado. 

Para que se utilizam as células-tronco do cordão umbilical 

A maior quantidade de células-tronco utilizadas hoje em dia vem da conservação do cordão umbilical. Mas, realmente serve para alguma coisa? Ainda que tenha muito a ser descoberto, as células-tronco têm um riquíssimo potencial, e já são peças-chave em doenças como mal de Parkinson, o Alzheimer, Diabetes e alguns tipos de câncer. Entre outras coisas, as células-tronco se utilizam para: 

- Regenerar a medula óssea após um tratamento de câncer

- Regenerar o coração após um infarto. 

- O transplante de pele. Regeneração da pele após uma queimadura

- Regeneração do fígado

- Regeneração dos neurônios aplicados em pacientes com paralisia. 

- Regeneração do sangue. 

- Regeneração de ossos. 

- Regeneração da córnea. 

Você consegue imaginar a quantidade de células-tronco que poderia se conservar ao guardar os dentes de leite? Você já imaginou a quantidade de vidas que poderiam ser salvas no futuro? 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com

Banco de sangue do cordão umbilical

Banco de sangue do cordão umbilical

Para que serve guardar o sangue do cordão umbilical dos bebês. O nascimento de um bebê, é uma experiência única, e com os novos avanços no campo da genética, sabemos que o armazenamento do sangue do cordão umbilical do bebê pode ajudá-lo no tratamento de doenças que se apresentem mais adiante em sua vida e oferecer-lhe alternativas importantes de cura utilizando suas próprias células.

O umbigo do bebê. Cuidados e Higiene

O umbigo do bebê. Cuidados e Higiene

Após o nascimento do bebê, o cordão umbilical, único contato orgânico que tinha com a sua mãe, é cortado. A partir daí, o umbigo do bebê sofrerá um processo de autodestruição sem infecção, que terminará com o desprendimento do resto do cordão.

10 coisas que você não sabia sobre os dentes das crianças

10 coisas que você não sabia sobre os dentes das crianças

Sobre os dentes das crianças circulam muitos mitos, crenças errôneas ou tradicionais que convém desmistificar. Há quem acredita que os dentes de leite não podem ter cáries, que a saída da dentição provoca febre ou que o bebê tem irritação na área das fraldas durante a saída dos dentes. Todas essas afirmações são errôneas.

O que fazer quando começam a sair os dentes do bebê

O que fazer quando começam a sair os dentes do bebê

Até os quatro ou seis meses os bebês começam a babar com muita frequência. Suas gengivas começam a se romper e eles se mostram inquietos e nervosos e tendem a levar tudo à boca, especialmente as mãos, como uma forma de aliviar seus incômodos pelo aparecimento dos seus primeiros dentes de leite. Que cuidados os pais devem ter nesta etapa?

Como evitar as quedas e acidentes com crianças

Como evitar as quedas e acidentes com crianças

A curiosidade e a falta de noção do perigo fazem com que as crianças sejam propensas às quedas e aos acidentes, muitos deles sem importância, mas outras situações podem ser perigosas. Evitar as quedas e acidentes é, portanto, uma tarefa que os pais devem ter diariamente.

0 comentarios