Projeto Criança Esperança

Criança Esperança, na luta pelos direitos da infância e juventude brasileira

Vilma Medina

Vilma Medina

Criança Esperança, na luta pelos direitos da infância e juventude brasileira. A Campanha Criança Esperança da Rede Globo, foi lançada em 1986, num programa especial dos Trapalhões, com 9 horas de duração, e ajudou a estimular a sociedade a discutir sobre a situação das crianças e jovens brasileiros. Desde seu início, atuou em 5 mil projetos sociais e abrangeu 4 milhões de crianças e adolescentes. Criança Esperança todos os anos vem se superando em arrecadação, ações e resultados.

Ao divulgar a Declaração Universal dos Direitos da Criança, a campanha contribuiu para a inclusão do artigo 227 na Constituição Federal de 1988, que garante os direitos das crianças brasileiras. Dois anos depois, este artigo deu origem ao Estatuto da Criança e do Adolescente.

Criança esperança

Reconhecido pela ONU como modelo internacional, o Criança Esperança incentiva o debate sobre políticas públicas e transforma vidas. Durante dois meses, toda a programação da Rede Globo se une para apresentar temas relacionados à campanha, produzindo reportagens e quadros especiais, além de campanha específica, com o objetivo de prestar contas sobre a aplicação dos recursos arrecadados.

O Criança Esperança conta todos os anos com parceiros que apóiam o projeto através de doações de materiais e contribuições financeiras, além de toda a sociedade que acredita e tem visto os resultados. Participam do projeto inúmeros jornalistas e artistas da Rede Globo, além de cantores, bailarinos, figurantes e de crianças que já são assistidas pelo projeto, ajudando a abrilhantar ainda mais a festa

Criança Esperança

Em 2011, o Criança Esperança completa 26 anos. Até aqui, mais de 200 milhões de reais em doações foram investidos no Brasil em mais de 5 mil projetos sociais. Tais contribuições garantiram os direitos de mais de 4 milhões de crianças e adolescentes, ajudaram a reduzir a mortalidade e o trabalho infantil, a combater a exploração sexual de meninos e meninas e a preparar jovens de baixa renda para o mercado de trabalho.

A Campanha Criança Esperança é um projeto da Rede Globo em parceria com a UNESCO - Órgão das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

Todo o dinheiro arrecadado pela campanha é depositado diretamente na conta da UNESCO que, desde 2004, é responsável pela seleção, acompanhamento técnico e financeiro dos projetos apoiados.

Neste ano de 2011, o Criança Esperança apóia 73 projetos sociais e beneficia diretamente 114 mil crianças e jovens.

Em todos os Estados brasileiros existe uma atuação eficaz do Criança Esperança. Mais informações a respeito desse projeto ou de como se inscrever para a seleção de projetos a serem apoiados, acesse www.criancaesperanca.globo.com.

Causas da violência escolar

Causas da violência escolar

As causas do bullying podem estar nos modelos educativos a que são expostas as crianças. Em seu artigo intitulado Bullying: um medo de morte, a psicóloga e jornalista Henar L. Senovilla, afirma que as causas que podem fazer aparecer a agressão são incalculáveis, tanto nas formas em que se manifestam como nos prejuízos que ocasionam. Em geral as causas ou fatores que o provocam podem ser pessoais, familiares e escolares.

Violência escolar ou Bullying

Violência escolar ou Bullying

A violência escolar é uma ameaça às crianças. Bullying é uma palavra inglesa que significa intimidação. Infelizmente, é uma palavra que está em moda devido aos inúmeros casos de perseguição e agressões que se estão detectando nas escolas e colégios, e que estão levando a muitos estudantes a viverem situações verdadeiramente aterradoras.

Consequências da violência escolar

Consequências da violência escolar

As consequências do bullying são incalculáveis para a vítima e para o agressor. O bullying não está ligado a distinções sociais ou de sexo. Apesar da crença que os centros escolares situados em zonas menos favorecidas são por definição mais conflitivos, o certo é que o bullying faz-se presente em quase qualquer contexto. Em relação ao sexo, tão pouco apresenta diferenças, a menos no que diz respeito às vítimas, posto que no perfil do agressor, há predominância dos homens.

Papel dos pais diante da violência escolar

Papel dos pais diante da violência escolar

Que podem fazer os pais quando seu filho é o agressor ou a vítima na escola. A intervenção dos pais, tanto da vítima como do agressor, diante da ocorrência deste fenômeno é fundamentalmente necessária. Siga alguns conselhos de como devem reagir os pais.

O agressor e a vítima da violência escolar

O agressor e a vítima da violência escolar

Tanto o agressor como a vítima sofrem. Portanto, necessitam ser escutados, atendidos e tratados. Segundo José Maria Avilés, psicólogo, especialista e estudioso no tema “violência escolar”, assegura que 6% dos alunos são vítimas deste fenômeno. Mas adverte que é preciso tratar o agressor com prudência e não ver fantasmas onde não existem. A agressão escolar não é um problema novo nem isolado, e que o primeiro que tem que fazer nestes casos é identificar a vítima e o agressor. E ter a consciência de que ambos sofrem, e portanto, necessitam ser atendidos e tratados.

Prevenção e controle da violência escolar

Prevenção e controle da violência escolar

Tanto a família como a escola podem estabelecer regras para evitar a violência escolar. É possível proteger seu filho para que não se converta em um agressor ou em uma vítima de agressão? Claro que sim. Pelo menos existem algumas pautas que podem ajudar tanto a família como os educadores e a sociedade de um modo geral, a prevenir este fenômeno. Lutar contra o abuso é uma responsabilidade de todos. Cada parte implicada deve cumprir seu papel.

Livro sobre a violência nas escolas

Livro sobre a violência nas escolas

Violências nas escolas é um livro que apresenta um estudo analítico dos fenômenos de violência nas escolas, incluindo a descrição de muitas maneiras em que a violência se expressa, e exemplos explícitos de como a experiência de violência é vivida e sentida de acordo com os indivíduos envolvidos, em que as vítimas dos jovens estudantes não fazem parte necessariamente da comunidade escolar. Estes fenômenos incluem globalização e exclusão social.

A escola e as crianças

A escola e as crianças

Por que se deve ir à escola? É necessário ir ao colégio não só para aprender a ler, escrever e a contar. Além de aprender tudo isso, a criança vai formando gradualmente seu caráter, sua capacidade de reflexão e responsabilidade, ao mesmo tempo que amplia seus conhecimentos.

Adaptação à escola de crianças com 2 e 3 anos

Adaptação à escola de crianças com 2 e 3 anos

A adaptação de uma criança de 2 a 3 anos a uma escola dependerá mais da atitude do pessoal docente e dos cuidadores do que da criança. Ela não sabe que vai à escola, mas o pessoal da escola deve estar preparado para recebê-la. Além disso, este trabalho de preparação deverá ser compartilhado com os pais.

Adaptação à escola de crianças de 3 a 5 anos

Adaptação à escola de crianças de 3 a 5 anos

Tanto para as crianças veteranas como para as principiantes, sua adaptação à educadora da escola é, sem dúvida, o aspecto principal nesta fase, isso porque para os mais pequenos, o ponto de referência principal é o adulto que está com eles e que os vão cuidar.

Alimentação da criança pré-escolar

Alimentação da criança pré-escolar

É importante conhecer as distintas etapas que passam as crianças, para compreender melhor os alimentos e as exigências alimentares de cada fase. Na idade pré-escolar, que corresponde o período de 3 a 6 anos, a criança já alcançou uma maturidade completa dos órgãos e sistemas que intervêm na digestão, absorção e metabolismo dos nutrientes.

Atividades extra escolares adequadas a cada criança

Atividades extra escolares adequadas a cada criança

Como escolher a atividade extra escolar mais adequada aos filhos. Teatro, pintura, patinação, tênis, idiomas, ballet. Que atividade escolhemos para nosso filho? A oferta de atividades extra escolares é cada dia mais variada, e escolher a mais adequada para nossos filhos tem sido cada vez mais difícil.

51 comentarios

  • simara ferreira

    2013-05-20 01:05:00

    Boa noite, venho pedir ajuda as nossas crianças de Lagoa da Prata, MG, a 300 km de Belo Horizonte. Eu como mãe e cidadã estou muito preocupada c. o futuro de nossas crianças, o índice de dependentes químicos em geral vem crescendo muito: as crianças precisam de algo que preenche seu tempo c. coisas boas, não temos lazer , cultura, e não vejo futuro para elas. por isso peço atenção para elas, do que adianta se um rico tem todas possibilidades, se os carentes é que precisam de ajuda concorda. Estou muito preocupada pois sou mãe tbm, vejo muita coisa errada e as pessoas estão fechando os olhos, fico muito triste qdo alguém fala dos filhos dos outros........e não enxergam o que está acontecendo de verdade. Hoje somos iguais, temos que fazer agora.......eu me preocupo muito c. esses adolescentes, peço ajuda para até mesmo vcs intervir c. nosso Prefeito que iniciou este ano, e está c. uma carga muito pesada.......desde já um muito obrigada.......vamos fazer algo por esses jovens. Até mesmo montar uma unidade aqui venham para conhecer e conversar c. autoridades, para vcs sentirem que aqui é uma cidade que precisa de algo de projetos que funciona........Grata

  • pety cristine

    2013-04-10 19:37:36

    tenho uma escola de dança e teatro, quero saber como faço pra me cadastrar pra dar aulas pra crianças carentes. Moro em Cacoal Rondonia.

  • aparecida maria da silva almeida

    2013-02-26 21:12:21

    sou a professora APARECIDA MARIA e tenho uma ong que incentiva a leitura aqui em BARRA DO JACARE ha 10 anos com o nome de CASA DA LEITURA ZELIA GATTAI e gostaria de saber como podemos fazer para receber ajuda pois passamos por dificuldades financeiras. PROF. APARECIDA MARIA

  • edvaldo alves da silva

    2012-12-02 13:45:29

    capoeira é uma arte cultura educacao só através da educacao nós iremos transformar a nossa criança e jovem em cidadão de bem meu projeto esta lutando para isso se transforma realidade a voce didi não sei se recado chega até voce mais obrigado por senhor esta no meio de nóis abraço mestre edvaldo são carlos do ivai meu end rua das palmeiras q3 l2 n 1857 são carlos do ivai pr cep 87770.000 edvaldo alves dasilva

  • edvaldo alves da silva

    2012-12-02 13:37:50

    ola sou de uma pequena cidade do parana jamada são carlos do ivai sou ummestre de capoeira e tenho o mesmo sonho de voceis que é ver toda criança tendo digninade para viver e voceis com o apoio que voceis envia para os projeto torna isso realidade tenho um projeto de capoeira na minha cidade tenho cerca de 140 criança aprendo capoeira teatro e varias oficina e sabemos o quanto é dificio levar esse projeto adiante mais sou muito feliz pois consigo afzer uma criança feliz meu projeto chama mundo jovem crianca feliz obrigado crianca esperanca pois esta aqui são voceis que me motiva obrigado do mestre edvaldo

  • Rayssa cristina

    2012-10-10 18:54:15

    muito interessante e incentiva as pessoas a doarem adorei parabens

  • Giovanna

    2012-09-25 14:48:38

    Muito legal o texto e esse projeto

  • rosa maria de santana

    2012-09-05 10:50:07

    OI GENTE BONITA DE CRIANÇA ESPERANÇA ESTAMOS COM UM GRANDE POBLEMA AQUI EM SALVADOR, POS AS CRIANÇAS CARENTES QUE PRECISAM DOS INSTITUTOS COMO O GUANABARA E OUTROS ESTAM PRESTES A FECHAR SA PORTAS PARA ESSAS CRIANÇAS POR FALTA DE RECURSOS. O QUE PODEMOS FAZER PARA ISSO NÃO ACONTEÇA? AGUARDO RESPOSTA URGENTE

  • maricelso

    2012-08-20 12:24:40

    preciso de ajuda para comprar uma prótese para minha filha ela tem sete anos e não tem o braçinho direito exatamente a sete anos que venho tentando por favor me ajudem.

  • maricelso gomes nogueira

    2012-08-20 12:15:21

    preciso de ajuda para comprar uma prótese para minha filha ela tem sete anos e não tem o braçinho direito, por favor me ajudem luto por ajuda a sete anos.

  • Elaine cristina barbosa

    2012-08-18 19:59:04

    quero saber qual e o progeto que vcs tem em campina grande

  • carmem lucia siqueira carreiro

    2012-08-13 17:50:38

    minha cidade é pequena e um grupo de jovem e criança é bem grande então gostaria que eles podecem ter um ponto de vista bem melhor da vida pois sei que as drogas prostituição não será o futuro das nossas crianças com sua ajuda.

  • Clécia Costa

    2012-08-11 05:44:58

    Bom dia, gostaria de saber se o criança esperança tem algum projeto em Salvador, que apoiem as crianças com autismo e outras deficiências. Obrigada.

  • jeane felipe dos santos

    2012-08-04 12:04:58

    olá eu sou jeane moro no interior de natal RN, tenho um filho de 5 anos ele teve paralizia cerebral nao centa nao anda eu gostaria muito de um tratamento melhor. pois tenho certeza que um bom tratamento ele poderia andar, e é o meu maior sonho é ver meu filho andando, nao só o meu mais todos aqueles que nao andan...

  • Silvia

    2012-07-29 20:14:02

    Gostaria de saber porque Recife não tem o projeto criança esperança igual aos de Jaboatão e Olinda. Em recife existem muitas crianças que não tem a oportunidades desse tipo de projetos das cidades citadas anteriormente. Existe a possibilidade de acontecer o projeto?

Ad