A merenda escolar ideal para o seu filho

O que é saudável e o que deve ser evitado no lanche das crianças

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A educação alimentar deve ser iniciada desde a primeira infância, de preferência escolhendo bem o que o seu filho leva na lancheira. Sabemos que o lanche escolar é uma refeição intermediária, que serve para dar energia à criança entre duas principais refeições. O que não pode faltar para dar o que o corpo dele precisa é: uma porção de carboidratos (para fornecer energia), uma porção de lácteos (proteínas), uma porção de frutas (vitaminas, fibras e minerais) e uma bebida sem adição de açúcar (para hidratação).

Um lanche escolar saudável para as crianças

O lanche ideal para as crianças

Segundo a Organização Mundial de Saúde, eis a dieta saudável para o seu filho: amamentar o bebê durante os seis primeiros meses de vida, comer alimentos variados, ingerir muitos vegetais e frutas, moderar nas gorduras e óleos e evitar sal e açúcar. Nada muito diferente do que ouvimos diariamente pela mídia e por especialistas, mas difícil de colocar em prática.

O que não é recomendável como lanche para o seu filho

Pães brancos, refrigerantes, biscoitos recheados, salgadinhos, principalmente os fritos não são indicados para um lanche saudável para o seu filho. Embora forneçam energia, nutricionalmente são apenas sal e gordura, segundo especialistas.

Embora a grande maioria das crianças prefira batatinha frita, chocolate, refrigerantes e doces, sendo que o ideal seria pão integral, fruta e suco. Caso você não tenha educado seu filho desde cedo a hábitos saudáveis, a palavra é negociar. Inicie dois dias da semana o que ele gostaria e nos outros as frutas, cereais e o leite. Depois passe para 1 dia por semana o lanche não adequado. Sempre explicando os problemas futuros que a má alimentação pode provocar.

Uma boa dica é levá-lo ao mercado ou feira quando estiver comprando seu lanche, explicando o porquê das escolhas saudáveis. Não é recomendável proibir chocolate, mas equilibrar a alimentação.

Lanches Industrializados

É claro que nem todas as mães têm dons culinários ou tempo para assar um bolo integral ou preparar um suco natural para o filho antes dele sair pra escola. Já existem opções industrializadas razoavelmente saudáveis. Atenção na escolha.

Em relação aos biscoitos, prefira os que tenham menos quantidade de gordura e açúcar possíveis. Bolos com recheio e cobertura devem ser evitados, pois tem grande quantidade de gordura trans. Quanto aos sucos prefira os sem adição de açúcar, e lembre-se: achocolatado não é leite, mas uma composição feita com soro de leite. Quanto menos sódio e açúcar, melhor. No caso dos biscoitos, procure aqueles com as menores quantidades de gordura e de açúcar possíveis. Bolinhos com recheio e cobertura devem ser evitados, pois geralmente contêm gordura trans. Escolha os sucos de caixinha sem adição de açúcar e lembre-se que achocolatado não é leite, é uma composição feita com soro de leite: prefira aqueles com menos sódio e menos açúcar, além de garantir que seu filho beba leite de verdade em algum momento do dia.

Além de um cardápio equilibrado, o lanche deve estar bem conservado até a hora da merenda. Lancheiras térmicas são uma boa opção e garantem conservação de duas a quatro horas. Evitar patês e embutidos que precisam de uma maior refrigeração. Para preservação do suco, pode-se colocar a caixinha ou garrafa de água congelada na lancheira. E bom apetite!