Bebê de um ano. Desenvolvimento do bebê mês a mês

A idade de um ano é uma fase de muitas descobertas do bebê

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Durante o primeiro ano do bebê, o despertar de suas capacidades são notórias. Nessa idade, o bebê estará caminhando (ou quase), mas pelo menos estará tentando se colocar de pé. No começo, ele caminha de braços abertos para se equilibrar melhor. Não será nada fácil, e muitas vezes ficarão cambaleando de um lado para o outro.

Por essa mesma razão, os pais devem ter muito cuidado nessa fase para que não haja nenhuma queda grave, que possa afetar o bebê seriamente, já que isso poderia fazer com que o bebê se torne medroso para andar.

Quanto mede e pesa um bebê de um ano

O primeiro ano do bebê

Uma vez que o bebê aprende a andar, ele não para. Já não vai querer ficar no colo como quando era menor, e sim prefere se mover à vontade, sozinho.

Parece que as “pilhas” não acabam nunca, e seus pais tem que correr atrás dele o tempo todo. O lado bom disso tudo é que, depois de um dia movimentado, o bebê dormirá melhor à noite.

Capacidades de uma criança de 12 meses

No seu primeiro aninho, as crianças estão numa fase deliciosa e dá vontade de mordê-los, pois fazem gracejos, macaquices, e os pais se deliciam com seus primeiros mimos, em geral jogando beijinhos com as mãos. Nessa fase se percebe uma maior sociabilidade do bebê. A criança não quer ficar sozinha de jeito nenhum, e tem a necessidade de estar rodeada de gente. Quando isso não acontece, começará a chorar.

Mas não precisa somente de companhia afetiva, mas também para o lazer. Ele não quer nem brincar sozinho. Ainda depende muito dos seus pais para se sentir seguro, e continuará a ser assim até ficar um pouco maior. A cada dia compreende melhor o que lhe dizem, ainda que sua capacidade de falar seja limitada e balbucie palavras incompreensíveis para os pais. No entanto, nota-se uma evolução, já que pode perfeitamente dizer sua idade mostrando o dedo indicador.

Agora o pequeno também começa a mostrar seu caráter, sua personalidade. Não sabe falar bem, mas saber reagir quando não querem alguma coisa ou quando se sentem molestados. Alguma birra pode surgir nessa fase, porque o bebê provará algo de independência ao andar de um lado para o outro. Isso lhe dará mais confiança e, portanto reagirá com chateação diante suas próprias limitações impostas pelos seus pais.

A alimentação do bebê de um ano

A partir dos doze meses, já se pode introduzir os purês (papinhas), a clara de ovo, até que possa comer o ovo todo. É recomendável que não ingira mais de três ovos semanais.

Se a amamentação se mantém por quatro vezes por dia, o bebê tem garantida a quantidade necessária de leite. Caso contrário, deverá tomar por volta de 500 ml diários.