O que fazer quando o bebê tem mucos

Como aliviar o bebê no caso de congestão nasal

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Um dos motivos de consulta mais frequentes no pronto-socorro e consultas de pediatria é a congestão nasal, a dificuldade respiratória pela obstrução das vias respiratórias altas dos bebês. As vias respiratórias altas, fossas nasais, coanas nas crianças pequenas são muito estreitas, e qualquer inflamação ou mucosidade produz uma obstrução muito incômoda.  

Como aliviar a congestão nasal em bebês

o-que-fazer-quando-o-bebê-tem-mucos A 

Uma congestão nasal inclusive pode diminuir a ingestão de leite pelo bebê pela dificuldade para respirar, o que também acontece com os adultos. Nesses casos, não se deve forçar a comer, mas sim oferecer-lhe líquidos, batidas, sucos, leite, de acordo com a idade que tenha. 

Aqui seguem alguns conselhos para aliviar a congestão nasal que o bebê possa sofrer e eliminar os mucos

- É recomendável evitar a sequidão ambiental, por isso se recomendam umidificadores de ar frio. 

- Os pediatras também sempre recomendam lavar o nariz da criança com soro fisiológico. Existe também o soro fisiológico hipertônico, com mais concentração de sais, que teoricamente arrastaria mais a mucosidade nasal, mas também poderia irritar um pouco a mucosa sensível da criança. Existem as monodoses, mais cômodas. 

- Os xaropes para a tosse não têm se mostrado cientificamente que sejam muito úteis, e em muitos casos têm efeitos secundários pouco desejáveis, o que faz com que os pediatras não os recomendem muito. 

- Por outro lado, um medicamento que parece mais útil são os anti-histamínicos, porque diminuem a produção de mucos, e, em muitos casos podem melhorar os sintomas.  

- Nos casos dos lactentes o catarro pode se complicar com uma otite média aguda (são as complicações mais frequentes), já que o muco se acumula e passa ao ouvido. Nesses casos, o bebê necessitaria de um antibiótico que sempre deve ser prescrito pelo pediatra. 

Malena Hawkins

Pediatra