Por que comprar brinquedos de madeira para as crianças

Benefícios dos brinquedos de feitos de madeira na infância

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Nos anos 80 triunfava o plástico, e os brinquedos de madeira eram considerados antiquados e algo fora de moda, e se a criança quisesse seguir a tendência junto aos seus amigos teria que se submeter à moda de plástico sem pensar. No entanto, nos últimos anos parece que os hábitos estão mudando: o brinquedo de madeira começa a se impor e está na moda, mas será que existe algum motivo especial? 

Efetivamente, os brinquedos de madeira estão em alta em não apenas devem ser considerados como moda passageira, uma vez que existem várias razões para isso. Nós apresentamos 6 poderosas razões de peso para que deixem de lado os polímeros e entrem no mágico mundo da madeira. 

6 benefícios dos brinquedos de madeira para as crianças

por-que-comprar-brinquedos-de-madeira-crianças A 

1 – São mais quentes ao tato: A madeira por ser um elemento natural, possui vida, pode ter desenhos, alguma peça pode estar mais bem polida que outra tem um cheiro peculiar e um tato suave e agradável que as crianças amam. 

2 – São mais duradouros: Pense bem no brinquedo de madeira que irá comprar porque com certeza durará mais, não apenas durante o crescimento da criança, mas também por várias gerações. 

 3 – Dão mais valor ao brinquedo: Um brinquedo de plástico normalmente é algo provisório, algo passageiro que estará com a gente por pouco tempo, portanto incentiva a filosofia consumista do ‘compro, uso pouco, jogo fora e logo compro outro’. A madeira dá um aspecto mais sólido ao brinquedo e a criança pode perceber como algo que deverá durar por mais tempo. Com o que, ao longo do tempo se economiza dinheiro

4 – Promovem a imaginação: Não tendo pilhas, nem sendo elétricos, com um desenho mais simples faz com que a criança tenha que dar-lhe vida e, portanto, promove sua criatividade e imaginação. Quando mais simples, mas requer criatividade. 

5 – São menos perigosos: Por serem mais simples, em geral não têm muitas peças soltas que possam se desprender e causar risco de asfixia. Tenha cuidado com o tipo de pinturas que utilizam nos brinquedos porque algumas podem ser tóxicas, assim que, ainda que sejam um pouco mais caros, assegure-se que são de boa qualidade e não tóxicos. 

6 – São naturais, biodegradáveis e renováveis: São 100% ecológicos, assim que estaremos educando os nossos filhos no respeito pela natureza desde pequenos. 

Por todas essas razões, que tal usar os brinquedos de plástico somente na praia, piscinas, na banheira, para brincar no exterior quando chove ou para levá-los em viagens? 

Patricia Fernández

Redatora de Guiainfantil.com