As consequências dos ciúmes entre irmãos

Os ciúmes entre irmãos geram condutas positivas e negativas

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Os ciúmes são inevitáveis, e a única coisa que os pais podem fazer para ajudar seu filho é dar-lhe muito carinho para que o que ele sente seja menos doloroso possível. Como tudo na vida, os ciúmes entre irmãos geram consequências negativas, mas também positivas, que se refletirão no desenvolvimento e no comportamento e conduta da criança. Ter um irmão é uma riqueza que, ainda que se viva com angústia nos primeiros meses, se converterá num tesouro na vida da criança.

Quando um irmãozinho chega à vida da criança

As consequencias do ciúmes entre irmãos

É natural que com a chegada de outro filho, a mãe tenha que se desdobrar no seu carinho e afeto. Seu filho mais velho sentirá que já não tem a atenção exclusiva dos seus pais. Ao perceber que o pequeno é a novidade dos pais, fará de tudo para reclamar a atenção perdida.

Uma das atitudes mais comuns consiste na imitação da conduta do bebê. Começará a chupar os dedos, a pedir que o carreguem nos braços, a voltar a usar chupeta e inclusive a fazer xixi na cama de novo. Assim, comportando-se como um bebê, pensa que pode voltar a ocupar o trono perdido. No entanto, essas mudanças também podem afetar seu caráter.

Quando uma criança acredita ter sido trocada pelo novo bebê da casa pode ser que se torne um pouco agressiva e fique desanimada ou depressiva. Pode ser que passe de ser um bebê tranquilo a um bebê desobediente e negativo, demonstrando oposição diante das ordens dos seus pais. Outras atitudes negativas são mostrar resistência para participar de reuniões familiares, interromper as conversas dos seus pais e ir contra às normas aprendidas. É possível que se mostre mais sensível e chorona, em como consequência apresentar dificuldade para se concentrar e prestar atenção, o que pode levar a uma alteração no rendimento escolar.

Consequências negativas dos ciúmes

Outras crianças começam a mostrar repulsa pelas rotinas cotidianas e resistem a escovar os dentes antes de dormir, a comer, a sair de casa, a recolher seus brinquedos, a fazer os deveres, dentre outras coisas. No entanto acontecem outras coisas que vão mais além. A criança começa a manifestar sintomas físicos como dor de cabeça, dor de barriga, dor nas pernas, que podem ser fingidas ou não. Nesses casos é necessário vigiar de perto.

Consequências positivas dos ciúmes

Se existe algo positivo nos ciúmes entre irmãos, é quando o maior, ao se comparar com seu irmão menor, decide ser “melhor” que ele. Então buscará ter o poder em algo relacionado a alguma habilidade, normalmente física. A criança se empenhará em aprender a andar de bicicleta sem as rodinhas, a pular corda ou a nadar sem boias. Fará de tudo para mostrar a si mesma e aos outros que ela é mais velha e melhor que seu irmãozinho. Nesse caso existe uma vontade de superação muito positiva, que manterá sua autoestima elevada. Essa atitude a ajudará a combater os ciúmes do seu irmãozinho.