Como é o filho mais novo

Conselhos para educar o filho mais novo entre os irmãos

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O irmão mais novo pode ser o que ‘sempre está crescendo’ ou o que ‘não é suficientemente grande’, uma sensação que se não for tratada com cuidado pode criar certo nível de frustração nas crianças menores de uma família.

Os irmãos mais novos são os últimos a chegar à família e parece que sempre têm que aprender algo novo dos outros, que tenham que aceitar o que já estiver estabelecido. 

O que significa o filho mais novo

como-é-o-filho-mais-novo A

Ser o irmão mais novo é ter que utilizar coisas que já tenham utilizado antes os irmãos maiores como brinquedos ou roupas, mas também é ser o centro da atenção da família, aquele que deve ser mais cuidado e a quem devem prestar mais atenção. Em algumas ocasiões podem se tornar o ‘mimado’ da família.

Por ser o irmão menor, sempre terá irmãos maiores e poderá conhecer a riqueza de ter irmãos e todos os benefícios que isso contribui. Os irmãos mais novos terão a sorte de melhorar suas habilidades sociais e comunicativas de forma mais rápida graças ao exemplo não somente dos seus pais, mas dos seus irmãos maiores também

Como é o irmão mais novo

- Confiará nos seus irmãos mais velhos quase como nos pais para aprender coisas da vida e também brigarão com frequência para poder ‘encontrar o seu lugar’. 

- Podem sentir que nunca poderão ser igual aos irmãos maiores porque sempre serão os ‘pequenos da casa’. 

- Ele poderá querer construir o seu próprio caminho e isso pode fazer que existam épocas de rebeldia e de querer romper com as normas para lutar contra o estabelecido. 

- A atenção imediata pode ser um problema, por isso é necessário que os pais trabalhem bem a atenção bem repartida entre todos os irmãos da casa.

- O pequeno da casa será aquele que receberá grande amor e carinho por parte dos irmãos maiores, algo que o fará se sentir bem e acolhido sempre.

- Nunca se sentirá sozinho

Um irmão mais novo pode ser muito feliz dentro do núcleo familiar, mas será importante que os pais não o comparem com os outros irmãos e saibam que ainda que seja pequeno, ele tem e terá sempre sua própria individualidade. Necessitam de independência e autonomia, algo que terá que potencializar desde muito cedo. 

Mesmo assim, é importante que saiba os benefícios que tem em ser o irmão mais novo e o papel que tem dentro da família, assim como as obrigações e tudo o que se espera dele. Ser o irmão mais novo não significa nem que sejamos menos do que o restante dos irmãos, nem que sejamos menos capazes

María José Roldán

Psicopedagoga

Mestre em Educação Especial (Pedagogia Terapêutica)