Como é o filho mais velho

Conselhos para educar o irmão mais velho

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Os irmãos mais velhos são para os irmãos menores como algo doce e azedo ao mesmo tempo em que não podem alcançar de forma suficiente. Os irmãos maiores são o sinônimo de exemplo e responsabilidade.

O papel do filho mais velho na família

como-é-o-filho-mais-velho A

Ser o irmão mais velho de uma família é receber toda a atenção dos pais, avós e outros membros da família durante um determinado tempo, por isso, talvez a chegada de um novo irmãozinho possa ser um momento de transição muito complicado. Para uma criança que tenha sido filho único bastante tempo pode ver como a sua vida muda quase por completo.

É importante que quando o irmão mais velho deixe de ser o filho único, e, por isso, apareçam problemas emocionais, os pais falem com ele sobre os seus sentimentos, sobre a nova vida, sobre o seu papel na família e, sobretudo, os pais terão que ajudá-lo a que entenda seus sentimentos e a respeitar cada uma das suas emoções. 

Características do irmão mais velho

- O irmão mais velho na família será um modelo de referência para os outros irmãos, já que poderão aprender as coisas mais rapidamente, graças a que o irmão mais velho o tenha feito antes.

- Terá um peso de responsabilidade maior que o resto dos irmãos, por ser o primogênito e sentirá que os seus pais lhe exigem mais a ele do que aos outros. 

- Ser primogênito o ajudará a se sentir mais importante, mas sempre e quando houver uma boa transição quanto à chegada do novo irmão, um momento que pode ser muito difícil e complicado. 

- Também podem aparecer as comparações entre irmãos, algo muito perigoso que pode prejudicar a relação entre irmãos criando uma rivalidade insana e atacar de forma negativa a autoestima da criança que está sendo comparada.

- O irmão mais velho é o exemplo para os irmãos mais novos, e acabará sentido uma pressão desmedida do seu comportamento. Algo que os pais devem controlar para que não sinta o filho não sinta nenhuma injustiça por ser o irmão mais velho.

Os pais devem manter uma postura de conversar com o filho mais velho e fazê-lo sentir a importância do seu papel na família, mas sem julgá-lo, e, sobretudo sem fazê-lo sentir pressão para que seja o exemplo para os irmãos. Os bons exemplos e os modelos de referência não têm que ser os filhos, mas sim os pais, que deverão ser os responsáveis em ser o melhor modelo para cada um dos filhos

María José Roldán

Psicopedagoga

Mestre em Educação Especial (Pedagogia Terapêutica)