Como um livro pode tornar a criança mais feliz

Relação entre a leitura e o crescimento pessoal das crianças

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Um livro poderia nos tornar mais felizes? E as crianças? Talvez o conceito de felicidade seja muito abstrato, mas de certa maneira um livro repercute em nossos estados de ânimo e na nossa forma de ver o mundo. Daí que talvez tenha algo a ver com nossa felicidade. 

Sergio Díez, bibliotecário em Brains International School reflete sobre esse assunto.

A leitura e a felicidade das crianças

CRianças mais felizes com os livros 

A felicidade não é algo que deva ser marcada como um objetivo na hora de ler. No entanto, é fato que um livro pode nos tornar mais felizes. Tudo depende de cada pessoa. 

O que devemos buscar através dos livros, tanto para nós, como para nossos filhos é o crescimento pessoal. Se um livro contribui para que cresçamos como pessoas, nós estaremos no caminho certo. Dessa mesma forma, se um livro ajuda ao nosso filho a amadurecer e a crescer, isso será bom para ele. 

Mas, como conseguir fazer com que um livro ajude ao nosso filho a crescer

- Buscando um livro que lhe prenda a atenção. 

- O livro deve oferecer-lhe um mundo diferente ao que ele estiver acostumado a ver habitualmente. 

- Que nos transmita sentimentos, de todos os tipos. Os livros nem sempre nos transmitem um mundo feliz e colorido. Também transmite dor e mortes, sentimentos que não vão nos fazer sentir bem como leitores. 

Se conseguirmos que todos esses sentimentos que um livro possa nos transmitir nos ajude a identificar melhor as emoções, a buscar um significado e a encontrar um porquê ou uma moral de história, realmente o livro estará ajudando a uma criança a crescer como pessoa e isso contribuirá para que seja mais feliz. 

Sergio Díez