Como motivar a criança no trabalho e no esforço

Conselhos para que os pais incentivem o esforço e a força de vontade nos seus filhos

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Algumas carências que se observam nas novas gerações são a força de vontade e do esforço. Habitualmente se escutam mensagens sobre a importância de se esforçar para conseguir metas propostas na vida. No entanto, a sociedade de consumo e no bem estar em que vivemos transmite idéias subliminares no sentido contrário.

Motivar a criança no trabalho e no esforço

como-motivar-a-criança-no-trabalho-esforço A

As mensagens que recebemos nos convidam a pensar em que a qualidade de vida se pode conseguir sem trabalho. Daí, as crianças crescem sem desenvolver a capacidade de esforço que lhes ajudem a enfrentar os desafios e as dificuldades que aparecem na vida. Por isso, uma especialista nos explica a importância de incentivar e motiva as crianças ao trabalho e ao esforço.

Hoje mais do que nunca é necessário promover a capacidade de autocontrole das crianças para que sejam capazes de suportar os esforços que a vida em sociedade exige. Muitos pais se equivocam quando afasta os seus filhos das dificuldades que eles tiveram que superar na sua infância. Isso conduz a superproteção e a oferecer-lhes uma vida cômoda onde dão tudo a eles tudo feito, provocando que no futuro se convertam em adultos inseguros e caprichosos. 

A força de vontade e o esforço se devem ser ‘treinadas’ todos os dias convertendo os comportamentos em hábitos. Quando a criança é capaz de compreender por que deve fazer algo e sente motivação para fazê-lo, o hábito do trabalho e do esforço se converte num valor positivo para ela que lhe encherá de orgulho no futuro. 

Tão pouco há que cair no erro da exigência por imposição. Os pais devem exigir dos filhos, mas sem obrigá-los ou impor. Através de uma exigência adequada, os pais podem despertar a capacidade de trabalho e do esforço na criança estimulando ao mesmo tempo valores como a força de vontade, a constância, a responsabilidade e a perseverança

Se a criança for capaz de compreendê-lo, a exigência se converte em motivação. No entanto, a imposição de uma exigência do adulto ou a ameaça e o medo às consequências do descumprimento não geram motivação alguma para a criança nem promovem sua disposição para se esforçar. Os pais devem acompanhar e ajudar a criança no seu aprendizado. Os pais devem ser os primeiros a educar os seus filhos com o exemplo. 

Fonte consultada: 
TV para padres - AMEI