As curiosidades mais surpreendentes da gravidez

Curiosidades da gestação que você desconhecia

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Sobre a gravidez existem tantas e tantas informações ao alcance da gestante que você pode pensar que já sabe de tudo. No entanto, em Guiainfantil Brasil a gente te conta uma série de curiosidades e raridades que é possível que você desconheça

Estes são 10 dados curiosos da gravidez que te surpreenderão e te deixarão de boca aberta. 

10 dados curiosos da gravidez que você não sabia

Curiosidades durante a gravidez

1 – As contrações não terminam com o parto. Durante alguns dias depois a mulher voltará a sentir as mesmas dores de forma intermitente, inclusive podem se iniciar quando a mulher coloca o bebê ao peito.

2 – Seis semanas depois da fecundação, já se pode comprovar através de uma ecografia como o coração do bebê bate rapidamente. 

3 – Os bebês dentro do útero materno são capazes de realizar ações tão surpreendentes, como chupar os dedos, bocejar, ter soluço, girar sobre si mesmo ou sonhar. 

4 – Durante a gravidez o cabelo pode se apresentar melhor do que nunca: vigoroso, com volume, força e muito brilho. No entanto, semanas depois do parto pode perder esse esplendor e começar a cair. 

5 – O sentido do olfato se desenvolve especialmente; os odores são percebidos de forma muito mais intensa do que em outras etapas, de tal maneira que muitas gestantes não aceitam sequer o perfume. 

6 – Os pés podem crescer. A relaxina, um hormônio que facilita a passagem do bebê durante o parto afeta também aos ligamentos do pé e como resultado, 7 de cada 10 mulheres percebem o seu pé maior durante a gravidez. 

7 – As náuseas podem determinar o sexo do bebê: alguns estudos têm mostrado um curioso resultado que diz que as mulheres que sofrem de náuseas intensas na gravidez têm meninas. 

8 – O colostro pode aparecer já durante a gravidez, ou seja, os peitos podem começar a gerar uma secreção amarelada antes que o bebê nasça. 

9 – Uma mulher pode engravidar já estando grávida de poucas semanas; isso é conhecido como superfetação e, ainda que não seja muito comum pode acontecer.  

10 – Um estresse excessivo da mãe na gravidez ou viver uma experiência muito intensa podem afetar a personalidade do bebê, que pode ter déficit de atenção, ansiedade ou ser mais inquieto. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com