Os incômodos da gravidez no quarto mês de gestação

Como aliviar os incômodos da gravidez no quarto mês de gestação

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A partir da 12ª semana, os incômodos da gravidez, próprios do quarto mês de gestação mudam. Se durante o terceiro mês da gravidez se caracterizavam pelas náuseas, os vômitos e o cansaço característico dos três primeiros meses de gestação, a partir do quarto mês podem atenuar. 

O estado de saúde geral da mulher grávida melhora bastante e ela se sentirá mais vital. No espelho, já vai ver que a cintura desapareceu e as cadeiras vão se arredondando.

Se for ser mãe pela primeira vez, verá as mudanças no corpo a partir dessa importante etapa da gravidez. Mostrar a barriga é o orgulho de toda grávida e nessa fase ela vai se esbaldar. Por outro lado, se for ser mãe de novo, provavelmente já notará que o vestuário habitual já não serve pra nada. É bom sair às compras e colocar roupas específicas da fase. É o momento de confirmar sua gravidez, já que os riscos de aborto espontâneo começam a atenuar. 

Incômodos da gravidez no quarto mês de gestação 

- Manchas. As alterações hormonais começam a escurecer algumas áreas sensíveis da pele e podem começar a aparecer manchas. O cloasma gravídico é um problema muito frequente, e afeta, sobretudo, as mulheres de pele escura durante a gravidez. Está associado ao aumento dos hormônios chamados progestágenos. Por isso também pode aparecer esse problema ao tomar hormônios anticoncepcionais ou terapias hormonais na menopausa. 

- Auréolas mais escuras. Os mamilos ficam mais escuros e aumentam de tamanho. 

- Linha Alba. No centro do abdômen, e desde o umbigo até a púbis, pode aparecer uma linha vertical de tom mais escuro que a pele, denominada linha alba, que acompanhará a grávida durante o resto da gestação e desaparecerá depois do parto. 

- Pintas e sardas mais visíveis. Outras áreas da pele, especialmente as pintas e as sardas podem ficar mais escuras. 

- Prisão de ventre. A pressão que exerce o útero sobre o estômago pode começar a atrapalhar a digestão e causar prisão de ventre. É um dos transtornos mais comuns. Além da situação hormonal da gravidez que faz com que a musculatura da parede intestinal se relaxe particularmente, faz com que a mobilidade intestinal seja alterada. 

Como aliviar os incômodos da gravidez no quarto mês de gestação 

A prevenção é a regra mais importante para enfrentar os incômodos da gravidez nessa etapa da gestação. 

Cloasma gravídico ou manchas na pele. A exposição ao sol ou à luz solar predispõem o aparecimento de manchas, quando acontecem simultaneamente mudanças hormonais no corpo da mulher. As maçãs do rosto e a área do bigode são as zonas do rosto mais propensas ao cloasma gravídico. Em alguns casos podem desaparecer após o parto, mas em outros casos essas marcas permanecem.

Para evitar as manchas antiestéticas é fundamental não tomar sol e sair sempre na rua com protetor solar com fator de proteção acima de 30. No final da gravidez, as manchas podem ser tratadas com cremes despigmentadores e clareadores, com a utilização de peelings químicos ou com tratamento a laser. 

Prisão de ventre. Para prevenir esse problema é imprescindível comer fibra, beber muito líquido e fazer exercícios de maneira regular. Quanto à fibra, não é recomendável tomar suplementos em pastilhas ou comprimidos. Aumente a ingestão de frutas, pão integral e legumes, que são os alimentos com mais fibras que contribuem com nosso organismo. Beba dois litros de água por dia para melhorar o fluxo intestinal e não se esqueça de beber durante as refeições, já que se os alimentos que você estiver comendo são ricos em fibra, a água conseguirá aumentar seu tamanho e exercer uma função de carregar, que melhorará a prisão de ventre. Para regular o bom funcionamento do seu intestino, tente tomar banho sempre na mesma hora, para fazer da regularidade um hábito.