O excesso de salivação na gravidez

Causas dos problemas de excesso de saliva nas gestantes

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Um dos sintomas comuns na gravidez é o excesso de salivação, também chamado de ptialismo ou sialorreia.

A secreção diária normal é de aproximadamente 1 litro e aumenta nos momentos da ingestão de alimentos, podendo passar de 10 litros nos casos de sialorreia intensa. 

Causas do excesso de salivação na gravidez

o-excesso-de-salivação-na-gravidez A 

Pode ocorrer por volta da sexta semana e desaparecer normalmente em torno da 20ª semana de gestação de maneira espontânea, ainda que algumas mulheres permaneçam com este incômodo transtorno até que dêem a luz.

É um dos sintomas menos estudados por parte dos médicos e se encontra pouca bibliografia de interesse científico, já que se dá mais importância a outros sintomas digestivos como são as náuseas e vômitos.

A causa mais comumente atribuída é a alteração hormonal típica desses meses e muitas vezes se associa às náuseas e vômitos que as mulheres apresentam nessas semanas. Outra das possibilidades do aumento da salivação é o refluxo gastroesofágico, que se dá ou agrava na gravidez. 

Um dado curioso e interessante é que a sialorreia desaparece quando a mulher entra em sono profundo. 

Remédios caseiros contra o excesso de salivação nas gestantes

Existem muitos remédios caseiros para poder controlar este transtorno ou pelo menos para reduzir o incômodo que é ter a boca cheia de saliva, ainda que o mais importante seja tranquilizar a futura mamãe dizendo-lhe que não é um sintoma preocupante, ainda que incômodo. Como podemos melhorar os sintomas? 

- Ingerir alimentos que não causem uma grande atração à gestante no sentido de que nõa potencialize a secreção salivar. 

- Escovar os dentes logo que começarem a notar os primeiros sintomas.

- Mastigar um chiclete para que ajude a deglutição da saliva excessiva acumulada. 

- Enxagues bucais. 

- Refeições em pequenas quantidades e frequentes.

Sara Cañamero de León 

Diretora e matrona na MaterNatal 

Especialidade em Enfermagem Obstétrico-Ginecológica