A hidroginástica na gravidez

Benefícios dos exercícios na água durante a gestação

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Durante os nove meses de gravidez, o corpo da futura mamãe sofre transformações devido às alterações hormonais. O corpo muda à medida que o bebê vai crescendo no seu ventre. A mulher grávida pode apresentar excesso de peso, celulite, varizes, hemorroidas, dores lombares e sofrer cansaço constante. 

Durante a gravidez, o corpo incha, principalmente as pernas, pés e tornozelos devido uma retenção de líquidos, que também tem a ver com essa revolução hormonal, que é produzida para se adaptar às condições do corpo feminino ao desenvolvimento do bebê. Todos esses incômodos podem ser controlados ou minimizados se a grávida fizer exercícios físicos e controlar sua alimentação com uma dieta sadia e equilibrada.

Os exercícios na água para a grávida

Além da caminhada, um dos exercícios que mais trazem benefícios para o corpo da futura mamãe é a hidroginástica. Segundo algumas pesquisas, a ginástica aquática é muito recomendável durante a gravidez principalmente para reduzir as dores lombares. Exercitar-se na água, com natação ou hidroginástica é muito benéfico. Tranquiliza, relaxa e mantém o corpo em forma. Ajuda a queimar calorias e melhorar a circulação. Além disso, a prática de exercícios se suaviza na água, já que a mulher não sente tanto o peso da barriga, pois a água é um meio onde os exercícios não refletem impacto devido à pressão que exerce. Vale sempre lembrar que o médico deve ser consultado antes de qualquer atividade física. 

A hidroginástica durante a gravidez

A água durante a gestação tem uma magia. É fluida, leve e se deslocar através desse fluido para qualquer mamífero é muito agradável. Se for realizada corretamente e por profissionais especializados contribui para uma melhor forma física e favorece a saúde. Para a mulher grávida, a hidroginástica contribui para: 

- Melhoria das dores lombares.

- Reabilitação muscular. 

- Estimula o sistema circulatório.

- Aumenta o rendimento muscular e a flexibilidade. 

- Ajuda na queima de calorias e, portanto, de peso. 

- Tranquilidade e relaxamento.

Quando começar o exercício aquático na gravidez

A hidroginástica é recomendada para a grávida a partir do quinto mês de gestação. Esse tipo de ginástica não consiste somente em se movimentar dentro da água. É muito mais que isso. Trata-se de realizar movimentos utilizando a pressão da água o tempo todo. A posição das mãos é fundamental para realizar bem os movimentos de empurrar a água, já que vão variando dependendo dos movimentos. A posição do tronco é quase sempre vertical e a água deve estar na altura do peito, ficando os ombros descobertos. Na água se podem fazer todos os movimentos que se faz no solo, de uma forma mais lenta e obedecendo ao princípio de ação e reação.

Vantagens da hidroginástica na gravidez

- A pressão hidrostática facilita o retorno venoso. Melhora a circulação e diminui o edema nas mulheres grávidas.

- Cria massa muscular.

- Devido a pressão, as articulações sofrem menos impacto durante os pulos.

- Todos os músculos do corpo são trabalhados durante a aula. 

- As articulações estão especialmente protegidas na água.

Cuidados complementares para a grávida

Além de uma atividade física regular, alguns cuidados são importantes na rotina diária da mulher grávida. Se estiver grávida, evite levantar objetos do chão ou movimentar a barriga para baixo com algum tipo de peso nos braços. Procure descansar sempre com as pernas elevadas para evitar a retenção de líquidos nos membros inferiores. Assim também diminuirá o inchaço nas pernas e pés, próprio nos últimos meses da gravidez. É importante evitar o sedentarismo ou permanecer o dia inteiro sentada numa cadeira. Se for necessário por motivos de trabalho, a cada hora se levante e dê uma volta, exercite a respiração, eleve o braço por cima da cabeça como se estivesse espreguiçando, e depois volte a sentar.