Sintomas perigosos durante a gravidez

Quando se deve buscar um médico de urgência en el embarazo

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A gravidez não é uma doença, já dissemos isso anteriormente. É uma etapa que faz parte da vida da mulher que não apenas cumpre o ciclo reprodutivo, mas que a enriquece espiritual e sensorialmente. Nem sempre é possível chegar ao final da gravidez com um final feliz, e os motivos são muitos. No entanto, a gestação pode apresentar transtornos de algum tipo que não necessariamente deva terminar em tragédia. Por essa razão é muito importante identificar os sintomas perigosos, e diante deles, reagir e procurar o médico com urgência.

Riscos na gravidez

Riscos durante a gravidez

A orientação médica nesses casos ajudará a prevenir qualquer situação anômala. Entre os sintomas perigosos podemos encontrar:

- Perda de sangue. Por pequeno que seja, é sempre um sintoma preocupante que deve ser avaliado por um especialista.

- Dor abdominal intensa e persistente.

- Náuseas e vômitos intensos. Nesses casos devemos descartar as chamadas náuseas matutinas que acontecem em algumas grávidas no primeiro trimestre.

- Febre com mais de 38 graus Celsius.

- Diminuição repentina da urina. A retenção de líquido nessa etapa é potencialmente perigosa.

- Dor e ardor ao urinar. Pode ser sintoma de uma infecção urinária e esses transtornos afetam o crescimento e desenvolvimento do feto.

- Inchaço repentino nos pés, mãos e rosto. 

- Enjoos intensos ou transtornos da visão como aparição de manchas ou lampejos de luz.

- Dor de cabeça constante.

- Perda de líquido pela vagina.

- Mudança brusca do tamanho do útero.

- Ausência de movimento fetal a partir do quinto mês.

- Contrações fortes e intensas antes da 39ª semana de gestação.

Rosa Mañas. Redatora de GuiaInfantil.com