Gravidez e a doença celíaca

Intolerância ao glúten durante a gravidez

Vilma Medina

Vilma Medina

A doença celíaca é aquela em que o intestino delgado não é capaz de absorver e assimilar o glúten, uma proteína que se encontra em muitos cereais como o trigo, a aveia, a cevada, etc. A doença pode aparecer na infância, ainda que nos últimos tempos estejam tendo muitos casos de diagnóstico tardio, já na idade adulta. 

Mas, o que acontece quando a mulher grávida é celíaca? Que tipo de alimentação deve ter? Quais os riscos que implica? A gente te esclarece. 

Como a doença celíaca não diagnosticada afeta a gravidez

gravidez-e-a-doença-celíaca A 

O diagnóstico da doença celíaca é simples. Mediante algumas suspeitas da doença por apresentar certos sintomas: dor de estômago, diarréia, perda de peso, anemia, etc., será realizado um exame em que aparecem anticorpos e uma biopsia de vilosidades intestinais que dão lugar ao diagnóstico. 

Essa doença causa alterações na fertilidade tanto de homens como de mulheres, dificuldade para engravidar, e os abortos espontâneos são muitas vezes consequências de uma doença celíaca não diagnosticada. 

Algumas mulheres descobrem justamente durante a gestação que são celíacas, devido à perda de peso, diarréia entre outros, que se dá durante os 9 meses de gravidez. A doença celíaca pode afetar as gestantes da seguinte forma: 

- Na gravidez, devido à má absorção intestinal quando o tecido trofoblástico, precursor da placenta, órgão indispensável para o correto desenvolvimento do embrião. É por isso que o risco de aborto nessas mulheres chega a ser mais que o dobro da população não doente ou com tratamento. 

- Além disso, tem-se visto que pode estar relacionada com o CIR (Crescimento Intrauterino Retardado), partos antes do tempo, etc. 

Qual é o tratamento para as gestantes celíacas 

- Se a mulher apresenta doença celíaca e é diagnosticada e recebe tratamento prévio à gravidez, sua gestação não se diferenciará em nada de qualquer outra mulher. 

- O tratamento se baseia na dieta livre de glúten, apostando por alimentos frescos, frutas da temporada, verduras, peixes, carne magra, cereais sem glúten, etc. Felizmente, a oferta para esse tipo de pessoa é cada vez mais ampla, até permitindo sobremesas elaboradas. 

- Em relação ao bebê tão pouco existem diferenças. A dieta de uma mulher celíaca é completa e variada, com a presença de todos os nutrientes e elementos essenciais para torná-la saudável para ambos: mãe e bebê. 

Assim, a chave, como para qualquer outra mulher é uma dieta saudável, variada e livre de glúten e exercício moderado. E é fundamental o diagnóstico precoce para não sofrer complicações durante a gravidez. 

Sara Cañamero de León

Matrona

Decálogo da dieta mediterrânea

Decálogo da dieta mediterrânea

Recomenda-se consumir sempre vegetais e cereais. A alimentação pouco saudável e a ausência de atividade física com regularidade, constituem as principais causas das enfermidades crônicas mais importantes.  As crianças vêm comendo cada vez mais gordura. Essa tendência mundial favorece claramente ao sobrepeso e à obesidade.

Bebês e crianças celíacas

Bebês e crianças celíacas

A celíaca, é uma das doenças intestinais crônicas mais comuns. É a doença que ocorre com mais frequência na Europa. Segundo a Federação de Associações de Celíacos da Espanha (FACE), um de cada 200 ou 300 nascidos vivos na Espanha, pode sofrer dessa doença.

Diagnóstico de uma criança celíaca

Diagnóstico de uma criança celíaca

O diagnóstico de uma criança celíaca se confirma com uma biopsia. Os sintomas da doença celíaca são parecidos às outras doenças digestivas. A princípio, até a confirmação da doença, deve-se descartar a possibilidade de que a pessoa sofra da enfermidade de Crohn (síndrome do colón irritável), de uma colite ulcerativa, de diverticulose, ou de alguma infecção intestinal.

Comer fora de casa com crianças celíacas

Comer fora de casa com crianças celíacas

Sair para comer fora de casa implica para os pais de uma criança celíaca uma verdadeira responsabilidade e uma vigilância constante. É muito frequente que, no começo da idade escolar, as crianças celíacas se deparem com maiores dificuldades na alimentação.

Salada de arroz com atum e maçã para celíacos

Salada de arroz com atum e maçã para celíacos

Os celíacos encontram muitas dificuldades para fazer compras ou sair para jantar em restaurantes, mas existem receitas para crianças celíacas gostosas e saudáveis. Uma delas é esta salada de arroz com atum e maçã. Leve e gostosa.

10 coisas a levar em conta se o seu filho for celíaco

10 coisas a levar em conta se o seu filho for celíaco

'Minhas filhas são celíacas’, comentava uma amiga há alguns anos. Ela relatava com inquietação dos problemas que ela tinha com a alimentação das suas filhas porque ambas eram intolerantes ao glúten. Então não havia tanta oferta de comida sem glúten nos supermercados. Isso sem falar que comer fora de casa se convertia numa odisséia. Hoje, tudo é mais fácil.

0 comentarios