As doenças dos bebês nas escolas infantis

A creche e os contágios de doenças em crianças

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Um dos maiores medos e preocupações, quando um dos pais tem que levar a criança à creche é se ela poderá ter mais resfriados e catarros por compartilhar o dia a dia com outros bebês. Em Guiainfantil Brasil revelamos se é verdade ou se trata de um mito. É verdade que as crianças que frequentam uma creche adoecem muito mais?

As doenças e contágios nas escolas infantis

Doenças mais comuns dos bebês nas creches

É correto dizer que as crianças que frequentam a creche sofrem mais de doenças durante esse período do que as que não frequentam.

Isso tem uma explicação muito lógica. As creches são centros onde está um grande número de crianças, durante muitas horas juntas. Além disso, compartilham brinquedos e jogos durante todo o dia. Por isso a probabilidade de contágio de qualquer doença será superior que a de qualquer outra criança que não esteja em contato com tantas crianças e durante o mesmo tempo. Apesar das creches e escolas infantis terem normas para evitar que crianças com doenças frequentem o ambiente, o processo de incubação da doença pode começar muito antes do aparecimento dos sintomas.

Mas, como esse contágio pode afetar ao meu filho? Desde nosso nascimento, nosso corpo deverá se adaptar ao meio que nos rodeia, seja à linguagem, ao clima... Do mesmo modo temos que enfrentar os perigos que temos ao nosso redor. Para conseguir nos proteger desses perigos, o corpo cria um sistema imunológico que se encarregará de combater os agentes externos que entram no nosso corpo.

Devemos dizer que nem todas as crianças sofrem as doenças igualmente. Com isso queremos dizer que a criança que frequenta uma creche vai adoecer mais. O que existe é uma maior probabilidade.

Ainda que a criança adoeça mais quando vai à creche, isso não significa um problema a longo prazo. O que acontece é que seu sistema imunológico se desenvolva com mais força. E isso nos acompanhará o resto de nossas vidas. O corpo terá mais imunidade e saberá a melhor forma de combater as doenças no futuro.

Tem algo que quase não percebemos, é que as crianças que frequentaram creches, quando entram nas escolas elas se contagiam muito menos e sofrem menos doenças durante os primeiros anos da escola.

Quais são as doenças mais contagiosas nas creches?

Evidentemente, as doenças que mais se registram nas creches são as mais comuns e mais contagiosas: catarros, gripes, diarreia, conjuntivite...

Em alguns casos, o contágio acontece de alguma doença grave na creche. Isso ainda é escasso e seu índice não é maior do que em lugares com a mesma concentração. Além disso, as creches são submetidas cada vez mais a controles de doenças contagiosas. Em alguns lugares faz-se necessário, em novas creches, a exigência de um sistema de renovação e limpeza do ar, buscando um ambiente muito mais higiênico.

Celia Garabaya
Técnico Superior em Educação Infantil
Colaboradora de GuiaInfantil.com