As dores nas costas em crianças

A prática de exercício físico na infância é a melhor forma para prevenir dores nas costas

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Por um ou muitos motivos, algumas crianças sentem muitas dores nas costas. Segundo estudos, antes dos 15 anos, cerca de 60 por cento dos meninos e 70 por cento das meninas já sofreram dores nas costas.

Para evitar que essas dores incomodem as crianças, o ideal é prevenir o quanto antes, desde cedo, educando essas crianças que tenham hábitos adequados para a saúde das costas.

As dores nas costas das crianças

As dores nas costas das crianças

As dores nas costas normalmente são de origem desconhecida. Para essa dor, inflamação e contratura muscular, em alguns casos uma massagem com creme anti-inflamatório ou inclusive tomar algum remédio dão bons resultados, mas outras vezes deve-se recorrer a um diagnóstico médico, e raras vezes a exames mais profundos como a radiologia, ressonância magnética e outros exames.

As dores nas costas podem ser provocadas por uma má posição na cadeira do colégio, na de casa, para comer, estudar; por estar mal apoiado na mesa ou na carteira da escola, pelo transporte excessivo de peso dos livros e mochilas, pela falta de exercícios físicos que fortaleçam as costas assim como todo o corpo, e também por hábitos muito sedentários como ver muita televisão, estar muito tempo deitado, ao invés de estar sentado ou em pé.

As lesões provenientes de alguma queda ou pancada, também podem incomodar as costas. A obesidade infantil também pode afetar a coluna das crianças.

Como qualquer outra situação, é melhor prevenir do que remediar os problemas das costas. Em todo cso, a prática do exercício físico na infância é a medida mais importante para prevenir dores na coluna no futuro, já que podem converter-se em crônicas com o tempo.

Por essa razão, a Organização Médica Colegial (OMC) e a Funcação Kovacs propõem adotar medidas preventivas e educar desde cedo sobre os hábitos adequados para a saúde das costas e para isso, aconselham a prática do esporte em família.

Eles acreditam que é conveniente que os pais acostumem os filhos a praticarem exercícios pelo menos duas vezes por semana, desde cedo, para que essa prática se consolide durante a adolescência e na idade adulta

Melhor prevenir do que remediar as dores nas costas

Os exercícios físicos ajudam a desenvolver a musculatura potente e resistente, e ajudam a coluna vertebral a se formar adequadamente, sem incômodos. Todos os exercícios devem ser debaixo de uma supervisão, e que se evite a prática de esportes muito competitivos para evitar que ocorra dores nas costas.

Além desses exercícios físicos, também aconselham a aquisição de bons hábitos na hora de carregarem mochilas ao colégio. As que tem rodas são mais aconselháveis. Outro dos fatores de risco é a postura das crianças, e principalmente das meninas, que a partir dos 9 ou 10 anos, começam a ganhar mais altura.

É recomendável que tanto os pais como os professores observem e tentem corrigí-las, do mesmo modo em que as crianças também se sentam nas cadeiras. O melhor é que eles se sentem mais atrás possível, com as costas retas e os cotovelos apoiados na carteira.