As pipocas têm mais antioxidantes do que as frutas e os vegetais

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Comer pipoca (de milho) todos os dias traz muitos benefícios para a saúde. Pelo menos é o que revela um novo estudo realizado pela Universidade de Scranton, Pensilvânia. As pipocas possuem mais concentração de polifenóis, um oxidante, do que as frutas e vegetais. Que boa notícia, não é verdade? Como eu e minha filha gostamos de pipoca enquanto assistimos a um filme

Os antioxidantes e a saúde das crianças

as-pipocas-têm-mais-antioxidantes-frutas-vegetais A

O que são os antioxidantes? São substâncias encontradas em alguns alimentos que protegem as células contra a oxidação natural do organismo. Ajudam a desacelerar o envelhecimento, além do que previnem doenças degenerativas como o câncer. Existem antioxidantes não somente na pipoca, mas também no chocolate, nas frutas roxas, vinho tinto e chá verde.

O estudo descobriu que as casquinhas das pipocas, que quase sempre grudam na garganta ou ficam presas entre os dentes quando as comemos, contém uma grande concentração de polifenóis e de fibras. Numa porção de pipocas, a quantidade desse antioxidante superou os 300 mg, diante 160 g de um pedaço de uma fruta qualquer. A ingestão de 100 g de pipoca por dia pode satisfazer 13% da ingestão ideal diária de polifenóis.  

Por outro lado, os investigadores alertam que a pipoca só é benéfica para a saúde quando são feitas sem sal e sem açúcar e sem gorduras. As pipocas preparadas com muito óleo ou manteiga ou ainda com muito sal podem se converter numa bomba de gorduras. As pipocas de micro-ondas tão pouco são recomendáveis porque contém duas vezes mais calorias do que as feitas na panela. Os investigadores também insistem de que as pipocas não devem substituir o consumo de frutas e vegetais pelas crianças, já que esses alimentos contêm vitaminas e nutrientes indispensáveis para a saúde dos pequenos. 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com