Suas primeiras palavras: o que o seu bebê falou?

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Quando o meu bebê disse suas primeiras palavras, eu fiquei extremamente encantada. Desde que ele nasceu eu ficava pensando alto: ‘só falta ele falar’ e agora quando ele começou a dizer as primeiras palavras eu fiquei felicíssima! O meu bebê já disse muitas coisas, ainda que não fosse exatamente o que eu esperava. Mas, o que ele disse? Nem papai, nem mamãe, mas, Ali... Mas, quem é Ali? Alicia, sua babá. 

As primeiras palavras do bebê

suas-primeiras-palavras-bebê-falou A 

A verdade é que é muito difícil que os bebês digam mamãe pela primeira vez, porque se for a mamãe quem estiver cuidando deles, na sua boca sempre está a palavra ‘papai’: ‘papai já vai chegar’, ‘papai vai trocar sua fralda’, ‘eu vou te deixar com papai’... Geralmente eles repetem o que escutam, de modo que como é pouco habitual referir-se a si mesmo pelo nome na hora de falar é frequente que comecem pelo que mais ouvem. Assim, por outro lado, se quem cuida do bebê é o seu papai, provavelmente diga primeiro ‘mamãe’, mas quando papai e mamãe estão trabalhando, com certeza terão escutado muitas vezes Ali, Ali, Ali... E será normal que acabe dizendo Ali. 

Estimule a aquisição da linguagem verbal do seu bebê 

Independentemente do que o bebê fale primeiro, as primeiras palavras dele são um verdadeiro acontecimento na família. A notícia dos seus primeiros gorgolejos na linguagem corre como pólvora em toda a família e todos que chegam a casa querem estar com o bebê para animá-lo a continuar os balbucios, os gritinhos e suas primeiras palavras. Nossos ouvidos ficam tão atentos que a gente acaba ouvindo mais do que o bebê fala. No final das contas é muito divertido ver os avós, meus amigos, suas tias e inclusive seus primos fazer toda classe de caretas e fazer os movimentos mais inusitados com a boca diante do olhar atento do meu bebê, que ri enquanto tenta imitar tudo o que estão tentando dizer a ele. 

A capacidade de imitação dos bebês é assombrosa. Graças à imitação, os bebês aprendem a falar e a se comunicar com os outros de maneira natural. É muito importante falar-lhes a todo o momento desde o início. Durante a troca de fraldas, enquanto estiver amamentando para que não durma, quando estiver dando banho e inclusive quando o leva para passear no carrinho. 

E não se esqueça de ler contos para o seu bebê e cantar para ele. Toda essa comunicação que no início parece ser só um monólogo tem os seus frutos. Graças a ela você estará estimulando a linguagem verbal do seu bebê e estreitando o vínculo afetivo cada dia um pouco mais.

Cada bebê aprende a falar num ritmo diferente. Antes de dizer suas primeiras palavras, os bebês passam por uma etapa pré-linguística que se caracteriza pela assimilação dos sons do seu meio e da discriminação dos mesmos para ir associando-os a um significado. Quando completam um ano e até o seu segundo aniversário, os bebês podem dizer uma palavra, enquanto aprendem muitas mais e as vão dizendo de maneira isolada. A partir dos dois anos começam a falar com mensagens ‘telegráficas’ unindo duas ou três palavras. Até os 3 anos não dizem frases completas com sujeito, verbo e predicado. Nessa idade também conseguem uma pronúncia completa de todos os sons fonéticos. 

Qual foi a primeira palavra que o seu bebê disse? O que funcionou na sua aquisição da linguagem? Conte pra gente e deixe o seu comentário. 

Marisol Nuevo