Os inúmeros benefícios do futebol para as crianças

A UNICEF reconhece que o futebol é uma ferramenta educativa valiosa

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Há algum tempo minha filha olhou para o seu pai e lhe perguntou: 'pai, por que você não me ensinou a jogar futebol quando eu era pequenininha?' Seu pai olhou para ela e disse: 'Porque você não gostava de brincar com bola'. Então minha filha um pouco decepcionada lhe perguntou: 'E por que você não insistiu para que eu brincasse de bola, então?'. Seu pai ficou sem palavras porque não sabia ao que ela estava se referindo. Eu sim. É que agora ela é uma apaixonada pelo futebol e acredita que se tivesse aprendido a jogar quando era pequena, seguramente jogaria bem melhor.

Como ensinar futebol para as crianças

Como as crianças podem aprender a jogar futebol

Quase todos finais de semana, milhares de pessoas acompanham das suas casas alguma partida de futebol. Para muitos o futebol é um jogo para desfrutar, mas em países como Espanha e Brasil, o futebol é muito mais do que isso. 

Existe um projeto, parte do sistema para o desenvolvimento e cooperação entre a África do Sul e a Alemanha e apoiado pela Fundação GTZ, que utiliza o futebol como uma ferramenta educacional para as crianças mais pobres, ajudando-as a crescerem em todos os aspectos. Eles ensinam as crianças a fazerem amigos, a trabalhar em equipe e a terem controle sobre suas vidas.

O futebol também educa. O futebol é o esporte mais popular do mundo. Desempenha um importante papel na preservação do Direito da criança a brincar. O futebol, em muitos lugares do mundo, é um estilo de vida. Bem controlado e com uma preparação apropriada, esse esporte pode contribuir com inúmeros benefícios às crianças: 

- Aumenta a potência muscular das pernas 

- Melhora a capacidade cardiovascular 

- Estimula a velocidade de reação, a coordenação motora e a visão periférica 

- Aumenta a potência do salto 

- Aumenta os níveis de testosterona 

- Oxigena o sangue 

- Sociabiliza e ensina a trabalhar em equipe 

Como em todos os esportes, existe risco de lesões, como torções no tornozelo e joelho, torções e inclusive fraturas, mas nada é motivo para não jogar futebol, incluindo as crianças com alguma deficiência ou transtorno físico. O esporte contribui para melhorar sua relação com as outras crianças e contribui para que elas tenham mais segurança em si mesmas. 

A UNICEF reconhece que o futebol é uma ferramenta educativa valiosa, principalmente nos países com mais conflitos, para ajudar as crianças a superarem traumas e frustrações, protegê-las da violência, dos abusos e de outros males.