Como conseguir que seu filho seja um esportista

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Você pratica algum esporte com seus filhos? Como despertar a paixão das crianças pelo esporte? Durante uma conversa que tive com meu esposo, eu me dei conta que algumas vezes somos muito exigentes com nossa filha, no que se refere ao esporte. Daí, chegamos à conclusão: como podemos exigir da parte dela que seja uma ativa desportista se nós jamais praticamos um esporte com ela?  

Como iniciar a criança no esporte

Como incentivar a criança no esporte 

Exigir dos nossos filhos o que não lhes ensinamos com o exemplo é muito normal em muitas famílias. Muitas vezes só nos damos conta da nossa equivocada conduta quando notamos certa frustração nos nossos filhos. Eles gostam de saber o que esperamos deles e não querem nos decepcionar. Conheço pais que se empenham que seu filho seja jogador de futebol, de basquete ou de voleibol, sem que eles jamais tenham jogado bola com ele. O esporte é algo que se ensina às crianças quando ainda são pequenas ou se espera que elas cresçam e se deixem levar ao esporte através dos amigos. Outra coisa é que a personalidade da criança não dê lugar ao esporte, e nesse caso temos que aceitar e respeitar. 

Estou convencida que a prática habitual de esportes numa família é uma parte muito importante na educação das crianças, além de ser uma prática saudável. Sempre considerei que a iniciação das crianças no esporte depende em grande parte do que praticamos com elas. Se os pais são pessoas ativas e desportistas, seguramente os filhos também serão. 

As vantagens do esporte para as crianças

O esporte na infância oferece muitos benefícios à vida em família e às crianças. O esporte: 

- Une a família 

- Incentiva o trabalho em equipe 

- Desperta a competição e os desafios 

- Atrai amigos 

- Perpetua o encontro familiar 

- Estimula a coordenação motora

- Previne a obesidade 

- Melhora o estado de saúde em todos os aspectos 

Com tudo isso não quer dizer que o esporte seja uma obrigação em família. Existem outros hobbies tão ou mais importantes como o esporte, como são a leitura, a dança, as viagens e a música

Vilma Medina
Diretora de GuiaInfantil.com