Como incentivar a criança no esporte

Conselhos para conseguir que as crianças desfrutem praticando esporte

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Todos os pais sabem da importância que tem o esporte na vida diária das pessoas e, sobretudo na vida das crianças, já que elas necessitam queimar toda sua energia no esporte que mais gostem. Além disso, o esporte ajuda a crianças a desenvolver uma mente sã, um corpo saudável, e como se isso fosse pouco, ainda poderá fazer novas amizades e desenvolver novas habilidades. 

Quando se ensina a uma criança a ser desportista desde pequena, ela poderá tirar o máximo proveito dessa atividade. Mas, como se pode incentivar a uma criança no esporte? É necessário que os pais saibam que as crianças, muitas vezes, necessitam desse impulso extra por parte dos pais para começar na prática de um esporte que mais gostem. 

6 conselhos para incentivar uma criança no esporte

como-incentivar-a-criança-no-esporte A 

1. Ser um bom exemplo. Se você quiser que o seu filho seja um bom desportista, o primeiro passo é ser um bom exemplo. Não espere que o seu filho sinta paixão pelo esporte enquanto você espera sentado no sofá. 

2. Não à obrigação. O pior que pode acontecer é obrigar a uma criança que pratique um esporte que ela não queira fazer. Isso só conseguirá criar uma grande aversão nessa atividade específica e no esporte em geral. 

3. Ajude o seu filho a escolher um esporte. A melhor idéia é ajudá-lo a escolher um esporte que vá de acordo com os seus interesses ou gostos pessoais. Por exemplo, se for um menino com muita energia, talvez esportes como a natação ou atletismo possam ser uma excelente idéia. Se o seu filho for mais tranquilo talvez ele prefira outro tipo de esporte com menos movimento. 

4. Dê apoio a ele. A criança deverá ver nos seus pais um apoio voluntário. Isso quer dizer que os pais deverão fazer tudo de bom grado: levá-lo para a atividade, praticar com ele, comprar-lhe o equipamento necessário, etc. 

5. Ensinar o ‘espírito esportivo’. É importante que as crianças aprendam sobre o espírito esportivo e a competição saudável. A criança deverá entender os aspectos positivos da experiência. Para isso, é necessário ensiná-la o lado positivo das coisas como trabalhar duro, alcançar as metas propostas, trabalhar em equipe, etc. 

6. Apoiar o esforço. O mais importante do esporte é o esforço em se superar. Quando os pais apóiam as crianças e as elogiam em tentar fazer as coisas bem, isso as motivará. Entretanto, elogiar ao filho somente pelos resultados positivos ou recriminá-lo pelos negativos pode ter consequências muito negativas para a sua autoestima e também para a sua relação com o esporte. Frases como: ‘Estou muito orgulhoso de você’, ‘Eu adoro ver você jogando’, ‘Você está se divertindo?’, são muito importantes para que a criança tenha um bom espírito esportivo. 

María José Roldán

Mestre e Psicopedagoga