Como proteger nossos filhos dos pedófilos

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Se existe algo que nos repugna, tanto aos pais como às mães, são os abusos com crianças. Antes de ter filhos meu estômago já revirava com as notícias sobre os pedófilos ou qualquer outro tipo de ataque indiscriminado contra uma criança. No entanto, desde que sou mãe, a rejeição e o nojo se multiplicaram. É algo que fica impossível de entender. 

Ensinar as crianças a se proteger contra o abuso infantil

como-proteger-nossos-filhos-pedófilos A 

Lamentavelmente no noticiário, casos sobre pedofilia são constantes, assim como abusos a menores. É algo que ocorre em todos os países, ricos e pobres, e em todas as classes sociais. Nas últimas semanas, perto do bairro que eu moro aconteceram muitas notícias sobre um pedófilo que seqüestrava meninas durante horas e após abusar delas as soltavam. O alarme social foi enorme e as mães tinham que exagerar nos cuidados para que nenhum estranho se aproximasse das suas filhas. 

Os pedófilos podem se aproximar das crianças com truques e enganos que muitas vezes os pequenos não conseguem resistir. Eles podem usar um cachorrinho (filhote) para atrair crianças, assim como balas e doces e tantos outros artifícios que deixam os pais de cabelos em pé. Existem inúmeros vídeos na internet com alertas aos pais sempre buscando fazer com que percebam o grande perigo que seus filhos estão correndo, e como são presas fáceis para esses pervertidos pedófilos. 

É fundamental educar nossos filhos e alertá-los sobre este tipo de condutas: 

- As crianças devem saber que existe gente que pode tentar abusar de menores. Ignorar que existem pedófilos e ocultar-lhes o fato expõe as crianças ao perigo

- Os pais devem alertar aos filhos que sob nenhuma circunstância acompanhe algum estranho, não importa o que ele ofereça ou diga, usando frases do tipo: ‘sua mamãe falou para eu levar você até ela porque está muito ocupada’. 

- O pedófilo pode estar na família, por isso é bom explicar aos filhos que se alguém os toca de maneira que se sentem incômodos eles devem contar imediatamente aos pais. É importante confiar e dar confiança para o que a criança estiver dizendo e que ela sempre pode contar contigo. As crianças devem ter abertura para falar de qualquer assunto com os pais. 

- Fale com os seus filhos sobre o seu corpo, de como defendê-lo e como cuidá-lo. Devem saber que ninguém pode tocá-lo sem a sua permissão. Uma educação sexual desde a infância os ajudará a diferenciar uma situação normal de uma anormal. 

- Com o aumento da utilização dos smartphones e redes sociais pelas crianças, esteja sempre alerta e aconselhe o seu filho a utilizar a internet de forma consciente e que nunca passe dados ou endereço ou telefones de casa. Os filtros parentais são uma boa arma contra os pedófilos. Os pais também podem comprar programas que bloqueiem sites pornográficos e de conteúdo ilícito. O diálogo é sempre muito importante em qualquer idade.

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com