A agenda escolar: um truque para a volta às aulas

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O uso da agenda tem se convertido em um elemento indispensável para estudar de maneira organizada. Desde o segundo ano primário as crianças já vêm com deveres de casa e trazê-los anotados é uma vantagem tanto para os estudantes como para os pais. Assim é mais fácil organizar o tempo de estudo e o tempo livre em função das atividades extraescolares ou os planos em família no fim de semana. 

Se este ano, você não estiver disposta a repetir os desgostos do ano anterior com os deveres e as tarefas escolares, compre uma agenda ao seu filho e ensine-lhe a usá-la. Assim, os esquecimentos não acontecerão, distrações e pressas de última hora que podem desencadear tensões familiares e conduzir ao fracasso escolar

A agenda é um antídoto contra o fracasso escolar

a-agenda-escolar-um-truque A 

Mas, como podemos ensinar às crianças a usar a agenda todos os dias? No meu caso, eu posso dizer que a solução tem vindo da própria escola. Nos primeiros dias de aula, e desde o segundo ano primário, o professor entrega a todas as crianças uma agenda idêntica para todos onde poderão anotar os deveres para cada dia, e onde, além do mais, aparece ao final uma série de seções interessantes e muito úteis que conferem à agenda um veículo de comunicação entre pais, alunos e professores. Trata-se de uma comunicação simples entre pais e professores, justificativas de ausência, entre outros.  

A unificação da agenda, para todos os alunos a mesma, e o fato de que se use de maneira coletiva para toda a sala, como quando se abre o livro de matemática ou de línguas, introduz as crianças em técnicas de organização, que serão muito úteis durante toda a etapa escolar. Se na escola dos seus filhos não se usa a agenda escolar, vale a pena sugerir ou que você mesmo peça aos professores que o faça.  

A agenda ajudará a criança a organizar o seu tempo de estudo, fazer os deveres de forma adequada e não tenha que voltar a casa ou à escola para buscar algo que fora esquecido. 

Com frequência, as crianças brilhantes não são capazes de organizar suas tarefas escolares e planejar seus estudos, o que se traduz em fracasso escolar. Ainda que, atualmente, os pais possam ajudar-lhes, se não souberem fazê-lo de modo correto, os nossos esforços serão em vão. Umas simples estratégias para melhorar as rotinas da manhã e da noite podem ajudar a toda a família, e para as crianças, algumas técnicas para aprender a administrar o tempo, anotar dúvidas e melhorar suas habilidades de estudo são indispensáveis para focar na nova etapa escolar com energia renovada e começar a volta à escola com o pé direito.

Marisol Nuevo