É normal que as crianças tenham medo dos palhaços?

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Entre os medos mais conhecidos das crianças estão o medo do escuro, de ficar sozinhas, medo da água ou a ruídos fortes. Mas, você alguma vez já escutou sobre o medo que algumas crianças têm dos palhaços ou a pessoas de aspecto extravagante, maquiagens chamativas, desagradáveis ou inclusive tatuagens? 

O que é o medo dos palhaços

é-normal-que-as-crianças-tenham-medo-palhaços A 

Há pouco tempo eu li um artigo que falava da ‘coulrofobia’ (medo dos palhaços). No início me soou meio estranho, mas logo me pareceu muito familiar este temor entre as crianças. Eu tenho numerosos exemplos deste medo nos meus filhos: minha filha Ana não podia ver uma série de televisão para crianças porque o ‘vilão’ era um personagem bastante inocente, tinha um aspecto ridículo, uma roupa muito chamativa e muito colorida e sua voz era estridente. Minha filha fica com ‘os cabelos em pé’ diante daquela visão; também o meu filho pequeno passou o mesmo no Natal, quando uma professora da creche tinha se disfarçado de Papai Noel e se dirigia a ele para perguntar sobre os seus brinquedos favoritos; inclusive, quando eram menores, eu me lembro que um deles chorou quando me viu sair do chuveiro com a toalha enrolada no cabelo. Ele me olhava estranhando e ao mesmo desconcertado como se não me reconhecesse. E olha que eu nem usava minha máscara de abacate!   

Como se manifesta o medo nas crianças 

Os sintomas podem ser mais ou menos destacados. Podem ir desde certa ansiedade e desconfiança a um ataque absoluto de pânico diante da visão de palhaços ou personagens extravagantes. Nossos pequenos não podem discriminar quando se encontram neste estado de ansiedade, que o personagem em questão seja divertido ou que queira ganhar sua confiança. Eles só enxergam uma ameaça e não prestam atenção em mais nada. O medo é irracional, ainda mais em uma criança.  Existem numerosas situações em que nosso filho possa estar exposto a esses temores: uma simples festa de aniversário, celebrações como Halloween ou Carnaval, filmes ou séries de televisão (aptas para crianças), e pode ser que o nosso pequeno sinta um profundo desassossego e angústia, já que não é tão raro que nos primeiros anos de vida dos nossos pequenos, esta visão desconhecida possa produzir-lhes uma enorme intranquilidade e desconfiança. 

Em casos menos frequentes, podem causar uma fobia difícil de superar que irá requerer um tratamento psicológico. Devemos tomá-lo com um pouco de cautela, porque muitas vezes os personagens que não esperamos podem causar um profundo trauma nos nossos filhos pelo comportamento sinistro ou aparência assustadora. Já me contaram sobre o caso de um menino que esteve em tratamento psicológico porque ficara obcecado com Gollum, o feio personagem do ‘Senhor dos anéis’, inclusive uma amiga minha já havida comentado que sua pequena tinha um medo horrível do extraterrestre mais amado do cinema: E.T. 

Os pais devem estar atentos a essas reações dos filhos e não permitir que esses personagens possam ocasionar algum trauma, já que não distinguem ainda entre a ficção e a realidade. 

Patro Gabaldón

Redatora de GuiaInfantil.com