Graças aos avós menos crianças obesas

Vilma Medina

Vilma Medina

A teoria que os avós estão deixando netos malcriados permitindo-lhes que façam tudo o que os pais não consentem, no que se refere à dieta das crianças essa teoria está completamente errada! Na Espanha, a metade dos avós prepara a comida para os seus netos pelo menos uma vez por semana, transmitindo-lhes seus bons hábitos de alimentação.  

Dieta saudável de avós para seus netos

graças-aos-avós-menos-crianças-obesas A 

Que sorte as crianças que são alimentadas pelos seus avós, não é verdade? Segundo o primeiro estudo sobre a ‘Influência dos avós na alimentação das crianças’ da Federação Espanhola de Sociedades de Nutrição, Alimentação e Dietética (Fesnad) juntamente com a Agência de Saúde Alimentar e Nutrição (Aesan), dois de cada três avós promovem uma dieta rica em verduras, frutas e legumes aos seus netos, no mesmo estilo que eles consomem. 

Os avós exportam seus bons hábitos de alimentação aos seus netos, assim como a toda a família. Pelo menos é o que revela o estudo realizado com 404 pessoas maiores de 60 anos que afirmaram consumir uns três pedaços de frutas por dia, peixe umas três vezes por semana, e verduras umas quatro vezes por semana. Além disso, na sua dieta quase não existem alimentos com gorduras saturadas. 

Considerando que os bons hábitos de alimentação devem ser adquiridos pelas crianças desde a mais tenra idade para evitar que quando adultos sofram com sobrepeso ou obesidade não é uma má idéia que tenham que ficar com os avós enquanto seus pais trabalham. E mais, acredito que os pais têm muito a aprender com os avós e também deveriam seguir algumas normas nutricionais. 

No caso em que os seus netos não gostem da comida, eles não lhe oferecem alternativa, já que a idéia é que as crianças aprendam a comer de tudo. Pelo menos 66% das avós adotam esse tipo de educação alimentar. Além disso, algo que também considero importante é que os avós potencializem os encontros familiares em torno da mesa. Compartilhar a mesa e a comida é um hábito que está se perdendo muito e que deveríamos recuperá-lo sempre que pudermos. 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com

Quanto as crianças podem aprender com os avós!

Quanto as crianças podem aprender com os avós!

O que os avós ensinam aos netos. Sempre pensei que as crianças que vivem perto dos avós são mais sortudas. Os poucos momentos que compartilhei com meus avós, já que eles viviam longe de casa, ficaram gravados na minha memória com muita ternura e afeto. A convivência entre netos e avós é muito enriquecedora para ambos.

Crianças cuidadas pelos avós sofrem menos acidentes

Crianças cuidadas pelos avós sofrem menos acidentes

Nem sempre os pais educam e os avós ‘estragam’, como diz um ditado popular. Os avós são, em muitos casos, o cuidado mais seguro que uma criança pode ter quando seus pais trabalham fora de casa. Ter avós representa um seguro contra os acidentes com os netos.

A paciência dos avós com seus netos

A paciência dos avós com seus netos

O amor perfeito, às vezes, não vem até o primeiro neto. Este provérbio galês resume com perfeição o que os avós sentem com seus netos. Essa paixão desmedida, esses olhos maravilhados, essa paciência infinita... Os avós parecem rejuvenescer. Logo se sentem úteis. E finalmente dispõem de tempo, esse tempo tão escasso para os pais, esse mesmo tempo que eles não tiveram quando educaram os seus filhos.

Babá ou creche para o cuidado do bebê

Babá ou creche para o cuidado do bebê

Depois dos mais ternos quatro meses da sua vida em que pôde cuidar de cada detalhe do seu bebê recém-nascido, agora chega o mais complicado: decidir com quem o pequeno ficará durante o tempo em que estive trabalhando. Você não tem nenhum familiar, nenhum avô ou avó próximos que pudesse tomar conta do pequeno, e as únicas alternativas que você vê ou é matriculá-lo numa creche ou ficar aos cuidados de uma babá em casa.

Por que é tão importante a avó materna para uma criança

Por que é tão importante a avó materna para uma criança

Pode ser que o seu filho se dê melhor ou pior com sua avó materna. Que a veja menos ou mais. Que sinta mais ou menos afinidade a ela. Mas, o que talvez você não saiba é a importante carga genética que deixa aos seus netos. A gente te explica a teoria ensaísta do chileno Alejandro Jodorowsky.

0 comentarios