Por que é tão importante a avó materna para uma criança

Vilma Medina

Vilma Medina

Os avós cumprem uma função essencial na família. Mas, dentre todos existe um cuja influência sobressai: a avó materna. 

Pode ser que o seu filho se dê melhor ou pior com sua avó materna. Que a veja menos ou mais. Que sinta mais ou menos afinidade a ela. Mas, o que talvez você não saiba é a importante carga genética que deixa aos seus netos. A gente te explica a teoria ensaísta do chileno Alejandro Jodorowsky. 

Por que a avó materna é a mais importante

por-que-é-tão-importante-a-avó-materna A

A avó materna é a encarregada de transferir a maior parte da carga genética dentre todos os avós. E a genética pula uma geração. Por isso, muitas crianças não se parecem com seus pais, mas sim com seus avós. E, ainda que fisicamente o seu filho não se pareça à sua avó materna, nunca poderá que lhe deixou em herança muitas outras coisas, como determinado problema com os ossos, um tic, um sinal, esse timbre de voz...  

Segundo Jodorosky, a explicação é bem simples: quando uma mulher engravida de uma menina, a menina já tem formados desde antes de nascer os ovócitos de onde sairão milhares e milhares de óvulos ao longo da sua vida adulta. Esses ovócitos, por sua vez, têm grande carga genética da sua mãe, e da sua avó! 

Os meninos também herdam no seu DNA as vivências emocionais da avó materna 

O ensaísta chileno vai mais além ainda e assegura que no DNA que as avós maternas transferem aos seus netos, não apenas encontram traços físicos, alguma possível doença hereditária ou os gestos, mas também o temperamento ou inclusive as vivências que teve quando estava grávida de sua filha. Ou seja, que se a avó materna tenha passado por uma situação difícil na sua gravidez, ou tenha sofrido uma depressão durante a gestação isso pode influenciar nos filhos de sua filha. 

Leve em conta que os óvulos aportam além da carga genética, a informação mitocondrial (enquanto que o espermatozóide carece dela). Essa informação só se herda das mães (ou avós), e implica num ‘plus’ de carga genética. 

Contra essa teoria de Alejandro Jodorowsky estão, no entanto, os estudos mais recentes, que asseguram que a carga genética que o homem transfere, ainda que seja menor, ela tem mais peso e determinação, sobretudo no caso de determinadas doenças hereditárias como o diabetes tipo 2, a obesidade ou a esquizofrenia

A genética no final das contas não deixará de ser um emaranhado, uma loteria, uma série de cartas à mercê da sorte. 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com

Crianças cuidadas pelos avós sofrem menos acidentes

Crianças cuidadas pelos avós sofrem menos acidentes

Nem sempre os pais educam e os avós ‘estragam’, como diz um ditado popular. Os avós são, em muitos casos, o cuidado mais seguro que uma criança pode ter quando seus pais trabalham fora de casa. Ter avós representa um seguro contra os acidentes com os netos.

A era das mamães avós

A era das mamães avós

Uma advogada holandesa tornou-se notícia por ser a mãe com mais idade ao dar a luz na Holanda. Esta mulher que deu a luz a uma menina após uma fecundação in vitro graças a uma doação de óvulo e esperma tem 63 anos.

Avós: ajudam a criar ou deixam netos malcriados?

Avós: ajudam a criar ou deixam netos malcriados?

Os avós... Como são importantes na educação das crianças. É possível que tenham sido pais exigentes, duros ou autoritários, mas na sua velhice a gente percebe uma mudança na sua personalidade e se tornam pacientes, tranquilos e permissivos no trato com seus netos. Eles adoram fazer as vontades dos netos, mas no final das contas a gente não consegue viver sem eles.

O Dia dos Avós deve ser comemorado

O Dia dos Avós deve ser comemorado

O dia 26 de julho é celebrado o Dia dos Avós, uma data muito especial para eles e também para todos os pais que tantas e tantas vezes nos aliviam de muitas situações e cuidados dos filhos. O trabalho deles tem nos ajudado a conciliar a vida laboral e familiar.

Quem cuida do bebê quando a mãe volta ao trabalho

Quem cuida do bebê quando a mãe volta ao trabalho

Chegará um momento em que a licença maternidade chegue ao seu fim e tenha que reincorporar ao trabalho. Existem mamães que estão desejando que chegue esse momento e dar um pouco de normalidade na sua vida, enquanto que outras desejariam alongar um pouco mais a licença maternidade. Seja como for, é o momento de tomar algumas decisões em relação ao cuidado do bebê.

As crianças que crescem com seus avós são mais felizes

As crianças que crescem com seus avós são mais felizes

Crescer junto aos seus avós aporta segurança e felicidade às crianças. Pode parecer uma reflexão muito óbvia, no entanto, um grupo de especialistas da Universidade de Oxford e do Instituto de Educação de Londres confirmou com um estudo para dar credibilidade a essa crença.

0 comentarios