O Dia dos Avós deve ser comemorado

Vilma Medina

Vilma Medina

O dia 26 de julho é celebrado o Dia dos Avós, uma data muito especial para eles e também para todos os pais que tantas e tantas vezes nos aliviam de muitas situações e cuidados dos filhos. O trabalho deles tem nos ajudado a conciliar a vida laboral e familiar

Os avós ajudam a conciliar a vida laboral e familiar

o-dia-dos-avós-deve-ser-comemorado A 

Os avós se tornaram peças-chave para poder conciliar trabalho e família na sociedade atual em que vivemos, com amplas jornadas laborais e longos deslocamentos ao trabalho. Essa homenagem é para esses avós carinhosos e dedicados, como os meus pais, que desfrutam em cuidar dos netos dando uma mãozinha quando a gente necessita, ou que simplesmente desfrutam quando os têm por perto. Também neste dia a gente se lembra dos que já não estão com a gente e que sentimos muita falta ao recordarmos como a gente desfrutava deles. 

No entanto, essa proximidade que se desenvolve com o cuidado dos netos, por um lado lhes dá asas para viver ou reviver sua paternidade de outra maneira, desde uma perspectiva diferente de quando eram pais. Desse modo, em algumas famílias têm surgido disputas sobre o seu papel na educação dos netos, se são muito permissivos ou se pelo contrário ditam as mesmas normas dos pais com os filhos. 

Em relação a esse ponto, o detalhe que me vem nesse momento à cabeça é a teoria que os avós ‘estragam’ os netos permitindo-lhes que façam tudo o que os pais não consentem, sobretudo quanto aos hábitos alimentares. No entanto, segundo o primeiro estudo sobre a ‘Influência dos avós na alimentação das crianças’, que a Federação de Sociedade de Nutrição apresentou junto à Agência de Segurança Alimentar e Nutrição (Aesan), dois de cada três avós promovem uma dieta rica em verduras, frutas e legumes, do estilo que eles mesmos consomem, entre os seus netos. Os avós exportam seus bons hábitos de alimentação aos netos assim como a toda família. Assim, consomem uns três pedaços de frutas por dia, comem peixe três vezes por semana e verduras umas quatro vezes por semana. Além disso, sua dieta quase não consta alimentos com gorduras saturadas. 

É no equilíbrio que reside o bom clima familiar. Hoje em dia, os avós substituem os pais em muitas das tarefas que não podem desempenhar por falta de tempo, como pegar as crianças na escola, dar-lhes de merendar, ajudar-lhes nos deveres... Conciliar trabalho e família, às vezes é tão complicado que se torna impossível fazer tudo e os avós são uma excelente ajuda quando são eles mesmos quem o fazem voluntariamente, sem se sentir pressionados pelos filhos. 

No entanto, essa atitude de serviço e generosidade em relação aos demais no ocaso da sua vida, em algumas famílias tem se convertido em escravidão, de tal maneira que muitos avós têm sido incapazes de levar suas vidas devido o cuidado com os netos diariamente, devido à pressão que exercem sobre eles. Encontrar o equilíbrio entre todos os membros da família é o mais benéfico para todos. 

Marisol Nuevo

Guiainfantil.com

Quanto as crianças podem aprender com os avós!

Quanto as crianças podem aprender com os avós!

O que os avós ensinam aos netos. Sempre pensei que as crianças que vivem perto dos avós são mais sortudas. Os poucos momentos que compartilhei com meus avós, já que eles viviam longe de casa, ficaram gravados na minha memória com muita ternura e afeto. A convivência entre netos e avós é muito enriquecedora para ambos.

Crianças cuidadas pelos avós sofrem menos acidentes

Crianças cuidadas pelos avós sofrem menos acidentes

Nem sempre os pais educam e os avós ‘estragam’, como diz um ditado popular. Os avós são, em muitos casos, o cuidado mais seguro que uma criança pode ter quando seus pais trabalham fora de casa. Ter avós representa um seguro contra os acidentes com os netos.

A rica experiência dos avós

A rica experiência dos avós

Os avós podem contribuir tanto aos netos que nenhuma criança deveria perder a experiência e a sabedoria que parte dos nossos idosos. Os primeiros anos da vida de uma criança são básicos. Eles são como esponjas e absorvem tudo o que acontece ao seu redor.

A paciência dos avós com seus netos

A paciência dos avós com seus netos

O amor perfeito, às vezes, não vem até o primeiro neto. Este provérbio galês resume com perfeição o que os avós sentem com seus netos. Essa paixão desmedida, esses olhos maravilhados, essa paciência infinita... Os avós parecem rejuvenescer. Logo se sentem úteis. E finalmente dispõem de tempo, esse tempo tão escasso para os pais, esse mesmo tempo que eles não tiveram quando educaram os seus filhos.

Avós: ajudam a criar ou deixam netos malcriados?

Avós: ajudam a criar ou deixam netos malcriados?

Os avós... Como são importantes na educação das crianças. É possível que tenham sido pais exigentes, duros ou autoritários, mas na sua velhice a gente percebe uma mudança na sua personalidade e se tornam pacientes, tranquilos e permissivos no trato com seus netos. Eles adoram fazer as vontades dos netos, mas no final das contas a gente não consegue viver sem eles.

0 comentarios