O riso aumenta o êxito da fecundação in vitro

Vilma Medina

Vilma Medina

Com certeza alguma vez você já tenha escutado sobre os benefícios do riso. De fato, existem numerosos estudos que demonstram que a risoterapia é um método saudável porque favorece o estado físico e emocional das pessoas. Além de relaxar os músculos, o riso reduz o estresse, aumenta a absorção de oxigênio no sangue... E uma pesquisa recente revela que ajuda a mulher que quer engravidar após uma fecundação in vitro. 

O riso é bom para conseguir a gravidez

o-riso-aumenta-êxito-fecundação A

É muito comum entre as mulheres que se submetem a FIV, Fecundação In Vitro, que se encontrem em meio a uma situação de estresse. Os exames, os medicamentos, as expectativas... Tudo gera cansaço e preocupação. A pesquisa foi realizada em Israel e publicada na revista ‘Fertility and Sterility’ (‘Fertilidade e Esterilidade’) fez um estudo com 219 mulheres. Delas, 110 receberam após os procedimentos de FIV e durante 15 minutos diários a visita de um humorista. Observou-se que o êxito da FIV duplicou nesse grupo de mulheres comparado com as restantes. 

A possibilidade de conseguir uma gravidez, após a realização da transferência dos embriões ao útero foi mais elevada nas que tinham rido como ‘doutor do riso’. Os pesquisadores acreditam que o riso relaxa as mulheres que se encontram numa situação similar, funcionando como mecanismo natural antiestresse. Além disso, trata-se de um procedimento que não tem contraindicação alguma e não oferece riscos para a mulher que busca uma gravidez

Um ‘médico palhaço’ visitou a clínica periodicamente durante um ano. Metade das participantes do estudo recebeu a transferência embrionária no dia em que o palhaço estava na clínica. Durante o descanso e a recuperação, o palhaço as visitou rotineiramente durante 15 minutos. A equipe observou que as pacientes que tinham rido eram duas vezes mais propensas a conseguir a gravidez

Se você está considerando fazer uma FIV, você já sabe: nada de mau humor, pensamentos negativos nem desânimos. Alegre-se e se divirta com os risos. Com certeza você conseguirá a gravidez tão desejada. Em breve você nos contará. 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com

A infertilidade e os problemas para engravidar

A infertilidade e os problemas para engravidar

Fecundação in vitro. Inseminação artificial. A infertilidade do casal. A fecundidade sempre foi considerada um dom próprio da mulher; por essa razão, sempre que não se conseguia a gestação tão desejada, era a mulher a culpada da infertilidade.

Mais de 5 milhões de bebês nascidos através da FIV

Mais de 5 milhões de bebês nascidos através da FIV

Louise Brown foi o primeiro bebê nascido graças a um tratamento de FIV (Fecundação in vitro). Desde então, muitos casais puderam formar uma família graças ao êxito desses tratamentos para conceber um filho. Essa técnica já alcançam mais de 5 milhões de nascidos por FIV.

Posições para engravidar

Posições para engravidar

Quando eu decidi engravidar eu demorei somente três ou quatro meses para conseguir a gravidez. É relativamente pouco tempo. Eu tenho amigas que já levam de dois a três anos já estão utilizando técnicas de reprodução assistida. No entanto, aqueles meses me pareciam uma eternidade.

Ter gêmeos de pais diferentes ou superfecundação heteropaternal

Ter gêmeos de pais diferentes ou superfecundação heteropaternal

Parece um tema tirado de um filme ou uma série, mas, no entanto, não tem nada a ver com a ficção. Dois irmãos gêmeos podem ter pais diferentes. Mas, para que isso aconteça tem que acontecer dois requisitos: a mãe esteve com dois homens diferentes durante os seus dias férteis e, além disso, ovulou duas vezes.

Esterilidade e infertilidade. Diferenças e tratamentos

Esterilidade e infertilidade. Diferenças e tratamentos

A esterilidade e infertilidade são dois conceitos diferentes. Não é a mesma coisa se estéril do que infértil. A esterilidade acontece quando um dos cônjuges não é capaz de conseguir uma gravidez. No entanto, no caso da infertilidade, o casal pode sim conceber e a gestação acontece. No entanto, a gravidez nunca consegue chegar ao final e se produz um aborto.

0 comentarios