Gestação a termo também é uma opção

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Hoje em dia parece que não existe tempo para nada e temos pressa para tudo, e, sobretudo queremos controlar tudo. O momento do parto em que o seu filho irá nascer não fica fora dessas pressas e deste controle. 

Quando você está grávida e vai se aproximando a data prevista do parto aumenta o nervosismo e as dúvidas sobre o processo que você vai vivenciar. Será que serei capaz de dar a luz? Vai dar tudo bem? Será que vou conseguir suportá-lo? E se alguma coisa de ruim acontecer? Tudo isso junto com a pressão que existe do meio familiar faz com que aumente ainda mais o seu nervosismo. 

A tensa espera antes do parto

gestação-a-termo-também-é-uma-opção A

Existem situações e mulheres que suportam melhor esta espera, esta incerteza e essas dúvidas, mas existem famílias que não toleram esta situação e se sentem envolvidos pela angústia que gera. 

Em meio a toda essa espera, do nervosismo, da pressão se une o desejo de conhecer ao seu bebê e ainda acrescenta o cansaço e o esgotamento que implicam as últimas semanas de gravidez. É quando as clínicas e o médico te dão a solução através do parto induzido. Com essa possibilidade, logo se vai a incerteza e o nervosismo desaparece. Já não há porque esperar o parto, somente em chegar o dia em que o médico marcou para a indução do parto

Assim acaba a angústia de não saber quando chegará esse momento e te permitirá ter controlada a situação e organizada de maneira mais prática. Já vai saber, por exemplo, quando deve estar com a bolsa preparada e ainda poderá se assegurar que o médico que te acompanhou durante toda a gravidez estará presente no parto, e se você já tem filhos, já sabe quando terá que levá-los para ficar com os avós para ficar com eles.

Por que optar pela gravidez a termo

Sabemos que a indução do parto aumenta o risco de que acabe em cesárea (a OMS recomenda 10% de cesáreas e o Brasil é o recordista mundial nesse tipo de procedimento), prolongará o tempo do parto, assim como o sofrimento da mãe e do bebê. 

Ao longo de toda a história da humanidade as mulheres têm dado a luz. O melhor é confiar que o momento do parto, se não houver nenhuma causa médica que indique o contrário, ele acontecerá. Deixe-se surpreender por ele e começará a notar as contrações que te levarão, sem remédio, a dar a luz ao seu bebê. É um processo natural, único e maravilhoso que somente uma mulher e mãe pode vivenciar. Da mesma forma que a fruta cai da árvore quando está madura, o seu bebê nascerá quando a natureza assim o considere.  

Anime-se a levar a sua gravidez a termo e deixe que a natureza seja quem tome as rédeas neste processo, sentindo a magia da vida passar por você e deixe-se envolver por esta experiência que mudará a sua vida para sempre.

Sonia Gómez Martínez

Psicóloga clínica