A nova moda dos sapatos de salto para bebês

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Bebês que ainda não andam com sapatos de salto. Talvez nos pareça uma piada, mas não é. A moda dos sapatos altos entre meninas menores de um ano aumenta entre as mamães fashionistas. O que a mamãe de Suri (Kate Holmes) já postou, tornou-se moda do momento e atraindo cada dia mais adeptas. 

As marcas norte-americanas mais seletivas de calçados abrem um espaço nos seus novos catálogos para estes pequenos sapatos somente para chamar a atenção.

Os sapatos de salto para bebês

a-nova-moda-dos-sapatos-salto-bebês A

Eu adoro os pés dos bebês. Pés pequenos e gorduchos que desfrutam mostrando seus lindos dedinhos. A maioria dos bebês detesta usar sapatinhos. Eles tiram os sapatos sempre que podem. Os mais afoitos tiram os dois pés. Por que o fazem? Porque não o necessitam! Não existe nada melhor do que deixar o pé do bebê ao ar livre, sem apertos ou pressões. Por que colocar-lhes sapatos então? 

A polêmica aumenta com esta nova moda: numerosos bebês usam sapatinhos de salto, enquanto que suas mães competem em exibi-las como meninas fashionistas. Por qual motivo o fazem? Moda, simplesmente moda. Existem numerosos desenhos de sapatos de saltos para bebês, criados por marcas americanas como Heelarious ou Pee WeePumps. São lindos, divertidos e flexíveis, mas não têm mais utilidade do que além de posar e se disfarçar de ‘maiores’. O que eu me questiono é... Isso pode ser prejudicial para o bebê? Não somente em relação à saúde dos seus pés. Até que ponto essa atitude já não está marcando um caminho a seguir? Os críticos dessa nova moda infantil trazem a luz o tema do sexismo. É necessário inculcar as crianças desde pequenas que estarão mais bonitas com sapatinhos de salto? 

Como devem ser os primeiros sapatos do bebê

- De 0 a 8 meses: Até os sete ou oito meses, os bebês não necessitam de sapatos. Se estiver fazendo calor, o melhor é deixar seus pezinhos ao ar livre. Se estiver fazendo frio, bastará um sapatinho de tricô, cômodos e quentinhos. 

- De 8 a 10 meses: A partir dos oito meses, os bebês começam a engatinhar. Talvez caia bem um sapato muito flexível para não machucar os dedos se ele engatinha por todos os lados. Sapatos flexíveis com a ponta mais forte e uma boa aderência serão o melhor para eles. 

- A partir de quando o bebê começa a andar: No momento em que os bebês já se colocam em pé (por volta dos 9-10 meses), aposte em sapatos mais fortes, com uma boa aderência e material forte (melhor para a pele) e que dêem a eles liberdade de movimento. Nem grandes, nem pequenos. A melhor forma de saber se o sapato é adequado é introduzir um dedo por detrás do pé do bebê com o sapato colocado. Se o dedo entra todo, é a medida correta. 

Estefanía Esteban

Redatora de GuiaInfantil.com