Por que as crianças suam tanto enquanto dormem?

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Existem crianças que suam muito enquanto dormem, ainda que a temperatura seja normal e não tenham muita roupa. Ensopam a roupa, os lençóis e inclusive chegam a molhar o cabelo. 

Segundo os estudos, quase 12% das crianças suam em abundância durante a noite. O curioso é que a maioria continua dormindo placidamente e é mais comum em meninos do que em meninas. 

Excesso de suor na primeira fase do sono

por-que-as-crianças-suam-tanto-enquanto-dormem A 

Quando coloco meus filhos para dormir eu sempre lhes peço que não se cubram totalmente, já que mais tarde eu passo ‘fazendo a ronda’ e lhes cubro adequadamente. Por que eu lhes peço isso? Toda noite, inclusive sem edredom eu os encontro encharcados de suor. Já pude observar que esse suor se produz, sobretudo durante a primeira fase do sono e isso acontece de forma constante, seja no inverno ou no verão. A que isso se deve? 

- Mudança de atividades: as crianças podem passar de um estado de atividade frenética ou com muita energia para dormir placidamente. No entanto, nesse processo, a energia, ao se reduzir, produz excesso de sudoração. É como quando praticamos esporte e continuamos suando uma vez terminado enquanto o corpo desacelera. 

- Janta abundante: se a criança se deita logo após o jantar e a comida tenha sido muita, é normal que sue mais, já que a digestão provoca um aumento da temperatura do corpo, que o mesmo organismo compensa através do suor. 

- A roupa de cama: às vezes, a cobertura dos colchões é feita de plástico, um material que impede a passagem do ar, e, portanto, gera mais calor. O excesso de mantas, colchas ou edredons também são responsáveis pelo suor das crianças. 

- Toda criança é um mundo: existem crianças que suam muito, seja adormecidos ou despertos. Portanto, é um suor normal. Também é mais frequente em meninos do que em meninas. 

- Apneia do sono: as crianças ou bebês que sofrem essa parada na entrada de ar de uns 20 segundos entre respirações suam mais, já que custam respirar. Nesses casos é necessário levar a criança ao pediatra. 

- Complicações: doenças respiratórias, cardiopatias congênitas, refluxo gastroesofágico, rinite, dermatite atópica ou febre pode fazer com que as crianças suem mais durante a noite. 

Em todo caso, suar não tem por que ser motivo de preocupação, mas sim em manter o quarto numa temperatura adequada e evitar que estejam mais abrigados além da conta para evitar que suem ainda mais. 

Alba Caraballo

Editora de GuiaInfantil.com