Benefícios do café para as crianças

A criança na infância deve tomar café?

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

O café é uma das bebidas mais universais. Durante muito tempo, foi direcionado o café a efeitos negativos, os quais não estão devidamente fundamentados. Hoje se reconhecem os efeitos positivos sobre a saúde. Mas, isso vale também para as crianças? 

As crianças também podem tomar café. De fato, está recomendado para tratar uma série de infecções. A gente explica. 

Os benefícios do café nas crianças

benefícios-do-café-crianças A 

O consumo diário de café reduz a frequência da asma, do diabetes tipo 2, os cálculos na vesícula biliar e doenças cardiovasculares, dentre muitas outras doenças.

Além disso, recentemente, fala-se cada vez mais do efeito protetor do café sobre as doenças hepáticas. De fato, o consumo de café com regularidade acelere a recuperação da hepatite, a gordura do fígado, a cirrose e o câncer de fígado. 

No entanto, devem-se interpretar todos esses dados com cautela, pois ainda não se estabeleceu qual o café mais saudável: o expresso, o preparado com filtro ou o preparado sem filtro, etc. Tão pouco foi determinado qual a quantidade ideal que se deve tomar diariamente, nem o tamanho das xícaras de café. 

6 perguntas dos pais sobre o consumo do café na infância 

Continuando, a gente vai repassar algumas perguntas comuns relacionadas com o café e que suscitam mais interesse: 

1. As crianças podem tomar café? As crianças, de forma inata, têm avidez pelo sabor doce e rejeição pelo sabor amargo. Algumas delas podem se acostumar a esse sabor sendo exposta periodicamente ao mesmo. Em muitos países da América Latina, o consumo de café se inicia em idades muito precoces. O certo é que o seu efeito que provoca taquicardia pode fazer que fiquem mais nervosas do que o normal e acabar deixando os pais desesperados. Mas, tudo depende de como se prepara o café. Se as crianças tomarem um café leve, ao estilo de países como Colômbia, não teria nenhum inconveniente que o tomasse de forma controlada. O café favorece a atenção.

2. É verdade que o café acalma as enxaquecas? O efeito analgésico de alguns medicamentos, como o ácido acetilsalicílico é potencializado com a cafeína. 

3. O café cria algum vício? Existem alguns estudos que dizem que o café gera certa dependência, mas este fato não está estabelecido fortemente. Se causar dependência, esta vai ser suportável, e em nada se parecerá com a dependência a outras substâncias.

4. A cafeína melhora a atenção das crianças? Este fato, que o café melhora a concentração tem sido utilizado há muito tempo pelos estudantes. 

5. A cafeína aumenta a frequência cardíaca? Sim. Por isso, recomenda-se evitá-lo em pessoas que sofram algumas alterações do ritmo cardíaco. O certo é que o café eleva a frequência cardíaca durante alguns minutos, ou seja, o seu efeito é reversível. 

6. O café faz mal para o estômago? Depende. É certo que contribui com certa acidez. Se for consumido isoladamente, e a gente se sentir mal ao consumi-lo é melhor deixar de tomá-lo ou fazê-lo acompanhado de outros alimentos. 

Iván Carabaño Aguado

Jefe de Servicio de Pediatría

Hospital Universitario Rey Juan Carlos

Hospital General de Villalba