Os benefícios do chocolate para as crianças

Aproveite o amor do seu filho pelo chocolate e aproveite todos os seus benefícios

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Se existe algo comum na maioria das crianças é o amor deles pelo chocolate. É só mostrar-lhes uma barra de chocolate para ver o sorriso no rostinho delas. 

Tende-se a pensar que o chocolate não é alimento adequado para crianças, e há quem defenda esta postura, mas a maioria dos nutricionistas considera o chocolate como um alimento que contribui com inúmeros benefícios às crianças, mas isso sempre com moderação. 

Propriedades do chocolate para as crianças

os-benefícios-do-chocolate-para-crianças A

O chocolate é energético e nutritivo, já que contém um bom número de nutrientes como o cálcio, fosfato, proteínas e outros minerais que são básicos para o correto desenvolvimento das crianças, mas os pais devem atentar para os exageros porque o chocolate também tem uma grande quantidade de gorduras, por isso, em determinados casos o pediatra deverá ser consultado sobre o seu consumo. 

O chocolate tem muitas calorias que ajudarão aos músculos e ossos da criança a ficarem mais fortes. Além disso, por ser estimulante, potencializará que as crianças fiquem mais despertas e ativas, e, portanto, mais receptivas a estímulos ou explicações. 

O alto conteúdo em cacau do chocolate produz nas crianças reações hormonais que corrigem os níveis de estresse, e suas propriedades antioxidantes ajudará a criança a evitar doenças relacionadas com o coração

A sensação de prazer que observamos nas crianças quando estão degustando uma porção de chocolate é natural e benéfica e se produz graças ao aumento de feniletilamina (conhecido como ‘hormônio da paixão’), um neurotransmissor responsável por causar esta sensação. 

Tipos de chocolate 

- Chocolate negro: Também conhecido como chocolate amargo. É o resultado da mistura de açúcar e manteiga de cacau, chegando inclusive a uma proporção de 99%. 

- Chocolate de cobertura: é o mais comum na hora da elaboração de chocolates, bolos e tortas e pode ter uma proporção de 30% de cacau. 

- Chocolate ao leite: O mais popular dos chocolates. Acrescenta à sua mistura leite em pó ou condensado para alcançar uma proporção de cacau nunca superior a 40%. 

- Chocolate branco: Apesar de não ser um chocolate, leva 20% de manteiga de cacau na sua elaboração.

Meu filho pode comer chocolate? Quanto pode comer?

A primeira coisa que se deve levar em conta é se o chocolate é adequado para a criança, já que as crianças com sobrepeso ou diabetes não é recomendável devido ao sei alto conteúdo em calorias e açúcar. Além disso, se a criança tem problemas de prisão de ventre, tão pouco ela deveria comer chocolate devido a este favorecer os processos de prisão de ventre.

Recomenda-se que as crianças entre 1 e 5 anos nunca superem aos 50 g diários, que, por exemplo, seriam quatro colheres de chocolate ao leite ou um pequeno tablete de chocolate. Além disso, recomenda-se que o seu consumo nunca seja mais tarde do que sete da noite para que não influencie na hora de dormir da criança, já que se sua ingestão se produz antes de ir para a cama, suas propriedades excitantes poderiam prejudicar a qualidade do sono

Diego Fernández

Redator de Guiainfantil.com