Dicas para controlar a fome na gravidez

Como conseguir não comer demais durante a gestação

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Os tempos de ‘comer por dois’ já ficou para trás. A gravidez é um processo muito bonito que requer uma série de cuidados especiais antes que o bebê nasça, mas também é necessário cuidar do que a futura mamãe come durante os nove meses de gestação

Para isso é necessário que a gente conheça dicas para manter o peso durante a gestação e também uma série de conselhos para controlar a fome na gravidez. 

A dieta equilibrada na gravidez

dicas-para-controlar-fome-gravidez A

Engordar o mínimo possível durante a gravidez é necessário para que a mãe se mantenha com energia e o bebê cresça sadio e forte no ventre materno. Abusar das gorduras ou de alimentos que possam fazer com que a gestante aumente muito de peso não é positivo para o processo gestacional. Não se trata de fazer uma dieta, mas de levar uma vida equilibrada em questões de saúde e alimentação.

Nesse sentido é recomendável não abusar das carnes vermelhas ou salgadinhos e batatas fritas que saciam a fome, mas contribuem com calorias negativas no organismo. Levar uma vida equilibrada com frutas, verduras, carnes brancas ou alimentos desnatados serão uma boa opção, além do que é necessário o Omega 3 e as vitaminas para o desenvolvimento do bebê

Conselhos para controlar a fome na gravidez 

Mas, se o que acontece com a gestante é uma fome difícil de controlar, o melhor é que saiba como enfrentar essa sensação de querer comer muito mais do que o recomendável. 

1. Um bom café da manhã: Não é um mito que o café da manhã seja a comida mais importante do dia. Se o desjejum for feito de forma adequada, ou seja, abundante e variado: lácteos, cereais, frutas e inclusive pão integral com presunto de peru se nos apetece algo mais substancioso, a fome que a gestante vai sentir ao longo do dia será muito menor, já que ela poderá contar com energia desde a primeira hora. 

2. Alimentos saudáveis entre as refeições: Uma boa dica é não deixar de fazer uma ‘boquinha’ entre as refeições, sempre evitando os salgadinhos e doces e incluir frutas da estação ou iogurtes desnatados. 

3. Hidratação: Beber água e sucos é muito importante, e também consegue fazer com que a sensação de fome diminua quando ainda não é a hora de comer, nem de merendar nem de jantar. Por isso, os líquidos devem estar presentes nessas dicas, porque além do mais ajudará para que não se retenham líquidos e apresente uma boa pele. 

4. Jantar mais cedo: Não é necessário alongar o momento do jantar até bem a entrada da noite, por isso é mais recomendado o conceito ‘merenda-jantar’, para que a fome nõa se estenda e a gestante se sinta saciada e já tenha feito a digestão antes de ir para a cama

Marta Marciel

Redatora de GuiaInfantil.com