Vacina contra febre amarela durante a gravidez

A vacina contra a febra amarela é contra-indicada para gestantes

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A vacina contra a febre amarela é de uso restrito aos habitantes de áreas endêmicas ou para pessoas que vão se dirigir a elas. A vacina é constituída de vírus vivos e pode ser aplicada via subcutânea a partir dos nove meses de idade. A orientação dos médicos é que a imunização seja feita pelo menos com 10 dias antes da viagem e ela tem validade de dez anos, após esse prazo deve ser reaplicado o reforço.

Toda mulher que tem vontade de engravidar, deve prestar atenção à sua carteira de vacinação. Ela tem que estar sempre em dia. Antes de engravidar é bom tomar todas as vacinas indicadas pelos médicos. 

A vacinação contra a febre amarela durante a gravidez é contra-indicada 

Durante a gravidez, como há risco que se desenvolva a infecção, essa vacina é contra-indicada. Somente em casos da gestante realmente necessitar ir para uma região de alto risco é que será mais seguro para ela e para o bebê que a mãe seja vacinada, ao invés de ficar suscetível a pegar uma infecção com o vírus forte, o que seria muito pior para a mamãe e para o bebê

Os riscos da vacinação para o bebê 

Segundo estudos, os nenéns nos quais foi constatada a transmissão da febre amarela durante a gestação, não foram observados nenhuma alteração importante, que pudesse trazer uma piora na qualidade de vida da criança. 

A vacinação também não deve ser administrada durante a amamentação, a não ser por orientação médica.