Como ensinar as crianças a não serem cobiçosas

Como educar crianças caprichosas que querem tudo

Vilma Medina

Vilma Medina

‘Mamãe, eu quero isso!’ Isso te lembra alguma coisa? Parece que nossa sociedade se centra no consumismo e no materialismo, algo que muitas famílias estão obrigadas a lutar contra isso para que as crianças não se tornem cobiçosas desde bem pequenas. O consumismo parece ser a forma que nossa sociedade se comunica hoje em dia, mas a realidade é que tanto materialismo e artificialidade têm por trás um enorme vazio interior, e os pais devem lutar contra isso. 

Muitas pessoas são generosas e capazes de dar tudo o que possuem para pessoas menos afortunadas, mas esta parte da sociedade é minoritária, já que também existe a outra parte, que é cobiçosa. É somente assistirmos o noticiário que com certeza sairá alguma notícia de alguma pessoa cobiçosa que mesmo tendo de tudo, queria mais e mais. 

Conselhos para ensinar as crianças a não serem cobiçosas

como-ensinar-crianças-não-serem-cobiçosas A

Então, o que se deve ensinar aos filhos para que não sejam cobiçosos e possam crescer com valores onde ter mais brinquedos não seja a sua prioridade? Vale a pena ensinar aos filhos a valorizar a compaixão sobre o materialismo e ser capazes de pensar nas outras pessoas. Abaixo, eu apresento alguns conselhos para que você coloque em prática a partir de hoje. 

1. Dar bom exemplo sempre será o mais importante na educação dos filhos, porque é a maneira mais potente de ensinar bons costumes e bons hábitos aos filhos. As crianças, de maneira natural, vão querer imitar aos pais porque sentirão que o que os pais fazem sempre será o correto, e eu posso te assegurar que o seu exemplo é muito mais forte do que qualquer anúncio agressivo na televisão. Algumas formas de dar exemplo podem ser: 

- Discutir o que você pode dar ao invés do que você quer receber.

- Não comprar nunca nada por capricho. 

- Utilizar mais o ‘faça você mesmo’ para a decoração de casa, inclusive brinquedos.

- Fazer coisas boas durante todo o ano não somente em épocas como o Natal, por exemplo. 

2. Limite o número de presentes e aumente o das experiências. Este ponto é muito importante porque o melhor presente que o seu filho precisa e que o ajudará a deixar de ser cobiçoso para toda a vida é: o seu tempo. O tempo de qualidade que você passar com o seu filho o ajudará a compreender que o que realmente vale à pena são as experiências e as recordações em família. Os presentes e as ‘coisas’ nunca serão substitutos do seu tempo e do seu amor. Se você somente der coisas materiais aos seus filhos, eles crescerão acreditando que podem ter tudo o que quiserem. Será somente pedir e começará a ganância. 

Além disso, seguindo outros conselhos como, por exemplo: que se esforcem para conseguir o que querem. Os pais devem falar com eles sobre as consequências em casa que pode ter o comportamento cobiçoso, porque não é aceitável. Que devem ajudar as outras pessoas (familiares ou amigos) que estão necessitando e inclusive te ajude a fazer a compra comprando somente o que realmente necessitam. Essas são algumas formas de ensinar as crianças a não serem cobiçosas. 

María José Roldán

Psicopedagoga

Mestre de Educação Especial (Pedagogia Terapêutica)

Menos brinquedos e mais brincadeiras com os filhos

Menos brinquedos e mais brincadeiras com os filhos

O Natal está chegando, e com ele a preocupação de muitos pais devido uma grande lista de pedidos de presentes pelos filhos. Especialistas dizem que a média de presentes por criança nessa época é muito alta e não conseguem satisfazer as crianças.

Nas compras de Natal não perca o seu filho de vista

Nas compras de Natal não perca o seu filho de vista

As aglomerações de gente durante as compras de Natal são o lugar ideal para que nossos filhos se percam. Devido a sua pequena estatura, eles se camuflam entre a multidão e temos dificuldade em vê-los, resultando numa experiência muito angustiante.

A criança tirana

A criança tirana

É lamentável chegar numa situação em que nosso filho ao invés de ser aquele príncipe encantador que reina em nossos corações, se torne numa criança mal educada, que governa nossas vidas com tirania, que nos maltrata verbalmente, e que nos chantageia.

A soberba e as crianças

A soberba e as crianças

Como se distingue a soberba, do orgulho e do amor próprio se podem estar acompanhados? Como se diferencia uma criança soberba de uma criança com uma personalidade bem estabelecida? A soberba é um indicador claro de insegurança pessoal e falta de autoestima.

Como evitar a prepotência nas crianças

Como evitar a prepotência nas crianças

Todos os pais do mundo querem que seus filhos sejam felizes acima de tudo, mas para conseguir isso, eles devem levar em conta não apenas sua educação acadêmica, mas também sua educação emocional. Saiba como educar uma criança prepotente.

0 comentarios