Pré-adolescentes. Crianças ou adolescentes?

Que mudanças acontecem no nosso filho pré-adolescente

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Quando a criança chega à pré-adolescência parece que estão no limite das etapas de desenvolvimento e inclusive em ocasiões a sensação que é madura em alguns momentos ou muito infantil em outros. 

Ser pai ou mãe de uma criança de 7-8 anos não parece ser tão complicado, mas quando chegam à pré-adolescência (a partir dos 9 anos e até os 12, aproximadamente) começam a fazer acontecer algumas mudanças. 

Mudanças nas crianças quando chegam à pré-adolescência

pré-adolescentes-crianças-ou-adolescentes A

- Nessa idade as crianças deixam de ser crianças, mas não são ainda adolescentes. Estão ‘na passarela’ que durarão vários anos onde começarão a buscar sua independência ao mesmo tempo em que vão querer se encaixar num grupo de iguais... As emoções estarão à flor da pele. As crianças quando estão na pré-adolescência irão parecer muito infantis em alguns momentos e que começam a compreender as coisas de uma forma mais coerente em outros, mas ainda são crianças!  

Na pré-adolescência, ainda que queiram marcar sua identidade e deixar claro que têm ideais muito claros ou que não estão de acordo com as normas da casa é necessário compreender que as crianças continuam sendo crianças, e que nesta etapa continuarão necessitando da orientação e do apoio dos seus pais. 

- Necessitarão de muito amor. A figura do adulto para ajudá-la a dar forma à sua bússola moral ainda é imprescindível. Além disso, necessitarão de apoio durante esses anos de transição quando passarão de serem crianças e iniciarem a idade adulta. 

Com que idade chega a pré-adolescência nas crianças 

Ainda que a pré-adolescência possa começar por volta dos 9 anos, parece que ultimamente isso começa a mudar e cada vez é mais precoce. As crianças querem crescer mais rapidamente e tentam deixar de ser crianças antes do tempo, mas a realidade é que, ainda que queiram fazê-lo, a natureza é sábia e deve seguir uns ritmos. As meninas até que não tenham os hormônios revolucionando ou a primeira menstruação, elas continuam sendo meninas, e os meninos continuarão sendo meninos até que os hormônios comecem a fazer o seu papel. 

Durante estes anos (que pode ser entre 2 e 6 anos), as crianças necessitarão dos seus pais apoio, guia e uma referência, mas também necessitarão de limites e normas para saber o que se espera deles a cada momento e diferenciar o correto do incorreto. Mesmo assim, é necessário que se sintam escutados e compreendidos nesses momentos de mudanças, já que terão muitas perguntas sem resolver sobre suas mudanças físicas e emocionais. Terão momentos de infantilidade e momentos de adolescência onde tudo parece desequilibrar sua mente. 

Cada menino e menina é um mundo, mas nas meninas a pré-adolescência pode começar aos 8 anos e nos meninos aos 10. Mas, são apenas números, porque dependerá da vida, das circunstâncias pessoais, da genética e do meio em que as crianças entrem na pré-adolescência antes ou depois. Mas, sem importar o momento eles necessitarão da direção dos seus pais em todo o momento.  

María José Roldán

Mestre em Educação Especial (Pedagogia Terapêutica)

Psicopedagoga