O medo em crianças de 7 a 8 anos

Medos comuns na infância

Vilma Medina

Vilma Medina

As crianças conhecem o medo desde a mais tenra infância, sendo essa uma emoção que lhe permite se proteger dos perigos. O medo é um mecanismo normal de defesa e necessário em crianças para que possam se comportar de uma maneira mais protegida. 

Geralmente, o medo aparece porque as crianças aprendem a temer algo ou a uma situação depois de uma experiência desagradável

Que medos aparecem entre os 7 e os 8 anos

o-medo-em-crianças-de-7-a-8-anos A 

Os medos na infância mudam com a idade. Na medida em que crescem, um tipo de medo pode continuar, desaparecer ou ser trocado por outro. Nessa etapa os medos começam a ser menos imaginativos (ainda que possamos encontrar algumas) e mais baseados na realidade. Quando as crianças têm entre 7 e 8 anos podemos continuar encontrando esses tipos de medos:  

- Medo do escuro (nictofobia). O medo do escuro é um dos mais sofridos pelas crianças entre os 2 e os 8 anos de idade. A nictofobia pode aparecer depois de uma imagem vista num conto, num filme, etc. Além disso, uma experiência durante o dia ou a imaginação podem ser os motores para que apareça esse medo. 

Muitas vezes este medo não é o escuro em si, mas os riscos que as crianças imaginam que possa haver quando existe uma penumbra. 

- Medo aos animais. É um medo que começa a se desenvolver na etapa dos 2 anos, e pode perdurar como fobia até a maturidade e, portanto, podemos encontrá-la nessa faixa etária. Esse tipo de medo é evolutivo, ou seja, que o temos de forma inata e, por isso, faz com que as crianças possam perceber aos animais como uma ameaça. 

Além disso, o medo aos animais pode surgir em algumas ocasiões pelas más experiências, e em outras circunstâncias porque os adultos que rodeiam a criança lhe transmitem esse medo. É possível desencadear inclusive antes que o animal esteja presente, quando prevê que se vai encontrar com ele, e assim evitar o encontro ou fugir dele. 

- Medo de seres sobrenaturais. Esse medo aparece na etapa dos 3 – 4 anos e perdura até a adolescência. O temor ao sobrenatural está relacionado com o escuro, onde adquire maior força. 

Essa escuridão provoca insegurança ao não ver nada ao redor e os ruídos e a imaginação pode fazer com que a criança acredite que existem muitas ameaças ‘sobrenaturais’ ao redor. Além disso, esse temor pode aparecer por culpa das ameaças dos adultos para controlar o comportamento das crianças. Dizer-lhes que ‘a cuca’ está vindo, por exemplo. Além disso, esses medos que perduram, nessa etapa aparecem:  

- O temor de fazer o ridículo pela ausência de habilidades escolares, sociais ou desportivas. Nessa etapa é frequente ver as crianças que não queiram participar nos jogos coletivos como esportes ou competições porque aparece neles uma crença de não estar à altura, ou não poder fazê-lo tão bem como o resto. 

Quando acontecem essas situações aparecem pensamentos negativos em crianças que fazem com que o pequeno se paralise e se veja débil e incapaz de fazer qualquer coisa.

Borja Quicios

Psicólogo educativo

Ajude seu filho a superar os medos

Ajude seu filho a superar os medos

O medo das crianças e como os pais devem agir para ajudá-las. Em situações de ansiedade e de medo nas crianças, os pais devem ter muito claro que sua ajuda é de fundamental importância na superação de tais sentimentos. Os medos não constituem um grave problema mas devem ser resolvidos.

Como ensinar seus filhos a superarem os medos

Como ensinar seus filhos a superarem os medos

Muitas vezes desistimos de ajudar aos nossos filhos a superarem seus medos, seja porque ainda são muito pequenos e precisam de tempo, ou são medos arraigados na criança que são difíceis de tirar. Ser compreensivo e ter paciência com os medos do nosso filho são atitudes fundamentais.

Os pesadelos. Um reflexo dos medos das crianças

Os pesadelos. Um reflexo dos medos das crianças

Pesadelos das crianças. Considerando que os pesadelos refletem algum medo e que os medos sempre estão aí e vão mudando, a mesma coisa acontece com os pesadelos, que são reflexo dos medos da criança.

Como a criança a aprende a ter medo

Como a criança a aprende a ter medo

Os medos são, como o amor e a dor, necessários no processo de aprendizagem e justamente como tal, são experiências que todos os seres humanos estão predestinados a viver. O que ocorre é que essas experiências assumem diferentes nuances de acordo com o ambiente em que se vive.

Os medos na infância

Os medos na infância

Não existe ninguém no mundo que não tenha medo, incluindo nosso ‘João sem medo’ do conto. O medo é um sentimento natural e benéfico para qualquer pessoa, seja criança ou adulto.

Os medos das crianças segundo sua idade

Os medos das crianças segundo sua idade

Ter medo é algo comum em crianças. Os medos das crianças são evolutivos, ou seja, vão mudando de acordo com a idade e isso dá lugar a que não se tenha medo das mesmas coisas na medida em que os pequenos vão crescendo.

0 comentarios