A queda de cabelo depois do parto

Por que acontece uma perda de cabelo após a gravidez

Vilma Medina

Vilma Medina

A queda de cabelo associada ao pós-parto é uma das maiores preocupações das mulheres no que se refere à beleza. Depois da chegada do bebê, a mulher pode notar uma quantidade maior de cabelo na escova, no travesseiro e ao tomar banho. A queda de cabelo é real e gera muitas ansiedades no pós-parto

No entanto, devemos tranquilizar as mães recentes, já que é um processo normal e recuperará a quantidade de fios em pouco tempo. 

Por que o cabelo cai depois da gravidez?

perdacabelomulher

Durante a gravidez todo o corpo se vê afetado pela ação dos hormônios e o cabelo não é uma exceção. Ele sofre alterações devido aos hormônios que a placenta libera e a mulher pode sentir que seus cabelos estão melhores do que nunca, mas pode ser que ele se torne mais quebradiço, gorduroso e sem vida. 

Durante a gravidez o cabelo cai menos porque os hormônios fazem com que os fios se mantenham em fase de crescimento. 

Uma vez que a mulher dá a luz, geralmente dois ou três meses depois do parto ela vai observar uma grande queda, repentina e brusca de todo o cabelo que não foi perdido durante a gravidez. 

Podemos dizer que a queda de cabelo não está associada à amamentação, como muitas pessoas pensam, já que é um fator hormonal relacionado com a gravidez. Por isso, a mulher que dá o peito terá a mesma queda de cabelo que uma mulher que alimenta o seu filho com uma mamadeira

Como cuidar do cabelo no pós-parto? 

- A alimentação é muito importante, já que o bulbo capilar se nutre das vitaminas e minerais que recebe através da corrente sanguínea. O que você deve fazer é ter uma alimentação variada e saudável e não somente para fortalecer o cabelo, mas também por causa da sua saúde e a do bebê.

- Aumente o consumo de frutas e verduras, lácteos, e cereais. 

- Evite os tratamentos capilares agressivos, o uso excessivo do secador e de pranchas e utilize um xampu suave e com ph neutro. 

- Use suplementos nutricionais para fortalecer o cabelo e contribuir com sua densidade e volume, assim como loções e xampus específicos para a queda de cabelo, mas diante da dúvida consulte seu médico, pois alguns produtos não são compatíveis com o período de gravidez e amamentação. 

Sara Cañamero de León

Enrolar os cabelos

Enrolar os cabelos

Parece ser um costume quase exclusivo das meninas. Parece ser um hábito quase exclusivo das meninas, como também muitas mulheres adultas, devido que a maioria tem o cabelo mais comprido que os rapazes. Brincar com uma mecha de cabelos quando se sentem envergonhadas ou tímidas, lhes dá tranquilidade e segurança.

Alopécia: queda de cabelo nos bebés e crianças

Alopécia: queda de cabelo nos bebés e crianças

A queda de cabelos nas crianças.  A criança tem alopécia quando tem perda de cabelo. Diz-se placa alopécica, quando é somente uma região bem específica do cabelo que carece de cabelo. Informações sobre a queda de cabelo em meninos e meninas.

O cabelo e as unhas durante a gravidez

O cabelo e as unhas durante a gravidez

As unhas e os cabelos das grávidas. Os hormônios adicionais durante a gravidez podem fazer com que o cabelo cresça mais forte, rápido e abundante, que caia menos, tenha mais volume, e que as unhas, pelo contrário, se enfraqueçam.

Pintar o cabelo durante a gravidez

Pintar o cabelo durante a gravidez

Pintura de cabelo durante a gravidez. Uma das dúvidas das gestantes é se podem ou não pintar os cabelos. A maioria dos médicos recomenda como simples proteção que não se usem produtos químicos (tinturas, permanentes) durante o primeiro trimestre.

Estou grávida. Posso pintar meu cabelo?

Estou grávida. Posso pintar meu cabelo?

Se pode ou não pintar o cabelo durante a gravidez? As gestantes querem cuidar da sua imagem, mas ao mesmo tempo não querem prejudicar ao seu bebê e não sabem o que fazer.

0 comentarios