A doença dos ossos de vidro em crianças

Sintomas e tratamento da osteogênese imperfeita na infância

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A doença conhecida como ossos de vidro denominada como osteogênese imperfeita é um transtorno genético e incurável que afeta os ossos do corpo provocando sua ruptura sem nenhuma causa que o provoque, e com grande facilidade diante do mínimo golpe sendo afetados também em ocasiões os músculos, já que eles se tornam fracos. 

Às vezes as pessoas que sofrem da doença ossos de vidro podem ser afetadas também na audição provocando surdez. Além disso, essa doença persiste ao longo de toda a vida da pessoa que a sofre, ainda que às vezes o número de fraturas possa diminuir após a adolescência. 

Causas e sintomas da doença dos ossos de vidro em crianças

a-doença-dos-ossos-de-vidro-crianças A 

A osteogênese imperfeita se produz por uma alteração genética que afeta a produção de colágeno no corpo humano, a qual afeta diretamente a fragilidade dos ossos do corpo. Quando não está diagnosticada, às vezes pode levar aos profissionais de saúde suspeitarem que a criança esteja sofrendo maus tratos pelas fraturas e pelos hematomas frequentes que provocam. 

Existem 17 diferentes tipos da doença dos ossos de vidro variando de leve a grave em função dos sintomas que a criança apresenta, que podem ser: 

- Malformações. 

- Debilidade nas articulações e músculos e problemas respiratórios.

- Baixa estatura e corpo pequeno. 

- Dentes quebradiços, rosto de formato triangular, frequentes hematomas.

- Escoliose ou caixa torácica abaulada. 

Diagnóstico e tratamento da doença dos ossos de vidro na infância

O diagnóstico é clínico, ainda que também possam ser feitos exames genéticos. Às vezes, pode ser detectada por volta da 16ª semana de gestação mediante uma ecografia que permite detectar possíveis fraturas. 

A osteogênese imperfeita não tem cura porque não existe um tratamento para lutar contra ela, ainda que se possam conseguir medidas preventivas para que os danos sejam menores como levar um estilo de vida saudável fazendo exercício para manter os músculos fortes mantendo uma dieta equilibrada e aumentando a densidade óssea. 

Os cuidados dependerão do grau de afetação. Nos recém-nascidos são imprescindíveis os cuidados neonatais e a mobilização precoce para evitar a tendência à diminuição da densidade óssea. 

Nas crianças que sofrem a doença dos ossos de vidro é importante começar com a fisioterapia o quanto antes para fortalecer os ossos e músculos contribuindo assim para diminuir o número de fraturas. 

Cristina González Hernando

Redatora de Guiainfantil.com