Alimentos que ajudam a prevenir as cáries em crianças e gestantes

Que alimentos são bons contra as cáries durante a gestação e a infância

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A idéia de que os doces ou os caramelos podem produzir cáries está muito difundida, mas, no entanto, existem alimentos que podem ajudar a preveni-la? 

As cáries são cavidades ou danos no esmalte dental causados pelo crescimento de microorganismos como o Streptococcus mutans, além do ph ácido que alguns alimentos geram na cavidade bucal. Os alimentos açucarados atacam o esmalte ao entrar na cavidade bucal. Mas, que alimentos ajudam a prevenir as cáries

Alimentos que evitam o aparecimento das cáries

alimentos-que-ajudam-a-prevenir-cáries-crianças A 

1. Alimentos ricos em cálcio: Os alimentos ricos em cálcio, tão importantes para os ossos e dentes devem estar presentes na dieta se quisermos manter as cáries à distância, sobretudo na infância e adolescência, já que é a época em que o crescimento alcança sua maior velocidade.

- O leite e os produtos lácteos. 

- Verduras de folhas verdes e os brócolis. 

- Alguns frutos secos como as amêndoas. 

- Os iogurtes também são especialmente benéficos, já que, além de contribuir com o cálcio, carregam bactérias benéficas para a saúde, incluindo a bucal. No entanto, são os iogurtes naturais os que podem ser considerados benéficos, já que os iogurtes de sabores embora contenham bactérias lácticas mencionadas, as quantidades de açúcar que são encontradas na sua composição os tornam prejudiciais para a saúde bucal

2. Alimentos ricos em fibra: Os alimentos ricos em fibra e carboidratos complexos são também benéficos, já que estes carboidratos são atacados por grandes quantidades de saliva na boca, e a saliva age como barreira de proteção contra as cáries já que neutraliza o ácido que se produz ao comer, antes que este possa atacar a dentadura. A fibra pode ser encontrada em frutas, verduras e hortaliças. 

3. Hidratos de carbono: Os hidratos de carbono complexos são encontrados em cereais integrais, incluindo o arroz e as massas e são muito ricos em vitaminas e oligoelementos que seus homólogos refinados. De fato podem ser fonte de vitaminas do grupo B e de ferro, que ajudam a manter a saúde bucal já que participam na proteção das gengivas. Também o magnésio, presente nesses cereais, é um dos minerais mais importantes juntamente com o cálcio para assegurar ossos e dentes saudáveis e fortes. 

4. Flúor: O flúor é outro dos minerais diretamente relacionados com dentadura. Em geral as pastas de dente estão fortificadas com este elemento, mas a água da torneira é uma fonte de flúor importantíssima na dieta, não tanto as águas minerais, especialmente as de mineralização muito baixa. 

5. O chá: O consumo de chá, particularmente verde e preto é benéfico para a microbiota da boca protegendo contra o crescimento do Streptococcus mutans. Além disso, esses dois chás têm propriedades antiinflamatórias que ajudam a proteger as gengivas. Convém recordar que os chás contêm cafeína, por isso devem ser ingeridos com moderação, e, além disso, para que sua ingestão seja benéfica para a saúde bucal não deve acrescentar o açúcar. 

Durante a gravidez, a saúde bucal pode se ver comprometida, por isso a proteção dos dentes e gengivas deve ser aumentada.

Carlota Reviriego

Nutricionista