Os benefícios dos carboidratos para as crianças

Os carboidratos são nutrientes muito importantes na alimentação infantil

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Um dos alimentos primordiais na alimentação das crianças são os carboidratos. Uma fonte de energia necessária para o ritmo de vida dos pequenos da casa.

Mas, nem todos os carboidratos são bons. Existem os simples e os complexos, e estes últimos são os que mais se adequam às necessidades das crianças.

Diferenças entre carboidratos simples e complexos

os-benefícios-dos-carboidratos-para-as-crianças A

Os carboidratos simples têm um impacto muito mais fugaz no organismo da criança, proporcionando uma sensação de saciedade na mesma hora e metabolizando o açúcar simples de uma forma mais rápida, uma vez que as reservas de energia proporcionadas pelo alimento se gastam de forma muito rápida. Alimentos como as frutas e o leite ou produtos comerciais como os caramelos contém este tipo de carboidrato simples. 

Os carboidratos complexos se caracterizam por ter uma absorção lenta por parte do organismo da criança, e por isso não passarão tão rápido ao sangue, e os picos de glicose são reduzidos, e, além disso, contribuem com uma maior sensação de saciedade e facilitam a digestão. Os alimentos que são incluídos nesta categoria podem ser derivados da farinha de trigo ou milho, como o pão e as massas.

Que função cumpre os carboidratos no organismo das crianças 

Os carboidratos cumprem funções energéticas. É o combustível do cérebro e do sistema nervoso, e responsáveis pela economia de proteínas ou regulação das gorduras. Graças aos carboidratos, as crianças realizam suas funções orgânicas, físicas e psicológicas.

O cérebro consome uns 100 g de glicose, a forma líquida dos hidratos, diários, algo muito importante para o correto funcionamento do sistema nervoso central e evitar a hipoglicemia, tonturas ou cansaços.

Os carboidratos, o alimento mais importante na dieta das crianças 

Como quase tudo nesta vida, tudo deve ter um controle, já que um excesso de carboidratos pode provocar obesidade, diabetes e problemas cardíacos na criança. Uma dieta mais ou menos equilibrada deveria conter 55% de carboidratos entre 10 e 15% de proteínas e 33% de gorduras. 

Portanto, controlar a alimentação das crianças se converte na tarefa primordial para o seu correto desenvolvimento, e no que se refere aos carboidratos, em particular se deveria limitar o consumo dos açucares simples, contidos nas balas e potencializar o consumo de carboidratos complexos, presentes nas verduras, massas ou o pão integral. 

Diego Fernández
Redator de Guiainfantil.com