Crianças amamentadas são mais inteligentes

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

A amamentação eleva o coeficiente intelectual das crianças e melhora o seu rendimento acadêmico. Isso quer dizer que as mães que dão de mamar aos seus bebês podem esperar que eles sejam mais inteligentes que os bebês que não têm a mesma oportunidade. Essa foi a conclusão de pesquisadores do maior estudo que já se realizou sobre o tema por especialistas da Universidade McGill Canadá, de Montreal. 

Crianças amamentadas no peito são mais inteligentes

crianças-amamentadas-mais-inteligentes A

A equipe acompanhou 13.889 crianças nascidas na maternidade da Bielorrússia, durante quase sete anos, e observou que as crianças amamentadas de forma exclusiva e durante um tempo prolongado tiveram um melhor desempenho nos exames cognitivos, obtidos através de exames de coeficiente intelectual e das primeiras qualificações das crianças da escola.

Notou-se também que essas crianças obtiveram melhores resultados, e com diferença em leitura e redação. O diretor do estudo, Michael Kramer, disse que o que resta esclarecer é se esta diferença se deve somente à ingestão de leite materno ou se as interações sociais e físicas da mãe e do seu filho durante a amamentação também contribuíram para que chegassem a este resultado. 

Com um apoio adequado, muitas mães poderiam continuar amamentando aos seus bebês. O que acontece é que por várias razões e pretextos, algumas decidem não continuar dando o peito ao seu bebê. Em muitos países, as taxas de amamentação têm baixado significativamente, apesar de sobra, se conhecem as grandes propriedades e benefícios do leite materno para o bebê. Esperamos que com o resultado deste novo estudo, as mães se animem aos antigos e bons costumes. 

Mirna Santos

Redatora de GuiaInfantil.com