Mamadeiras de plástico ou de vidro

Vilma Medina
Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Já não se fabricam mamadeiras com BPA (Bisfenol-A) na União Européia nem está permitida a sua venda. No Brasil, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) desde o ano de 2011 proíbe venda de mamadeira com este produto. Mas, o que é o BPA? É um composto químico que se utiliza para fabricar plásticos como o policarbonato e as resinas epóxi.  

Estas duas substâncias fazem parte da composição de quase tudo: estão nos CDs, nos óculos de sol, nas escovas de dente, e também nas mamadeiras e nos utensílios infantis, entre outros, ainda que sejam ilegais, não são inócuos porque se entram em contato com os alimentos podem desprender substâncias prejudiciais para a saúde. 

As mamadeiras de plástico são seguras para o bebê?

mamadeiras-de-plástico-ou-de-vidro A 

Os estudos realizados com essa substância em animais têm revelado que a exposição ao BPA, inclusive em doses muito baixas pode afetar os hormônios do desenvolvimento, na fertilidade, influenciar no comportamento e inclusive favorecer a formação de tumores. Pesquisas mais recentes mostram que o BPA também pode causar transtornos metabólicos, cardiovasculares, hepáticos e relacionados com o diabetes. 

E se levarmos em conta que as crianças absorvem mais tóxicos e os eliminam com maior dificuldade, pois em relação ao seu peso elas comem e bebem três ou quatro vezes mais do que os adultos, o que as faz ingerir mais contaminantes proporcionalmente, e que o seu fígado e seus rins eliminam pior as toxinas. A proteção contra os tóxicos durante os dois primeiros anos de vida deve ser prioritária. 

Então, as mamadeiras de plástico e as louças infantis são seguras para as crianças? Ainda que nem todos, mas certos tipos de plástico não são recomendáveis. Para tirar as dúvidas, os pais devem olhar na parte inferior da mamadeira. Se virem o número 7 dentro do símbolo do triângulo de reciclar, poderia ter BPA e há que evitá-lo, mas se virem um 2 ou 5, fiquem tranquilos porque são seguros para o uso infantil. No entanto, alguns especialistas recomendam usar a mamadeira de vidro porque é mais segura para a saúde e tem menos impacto meio ambiental. Os plásticos ‘bons’ são os que estão marcados com os números 1, 2, 4 e 5. No entanto, convém tomar uma série de precauções para que seus componentes não passem aos alimentos ou bebidas e acabem no interior do nosso organismo. Evite costumes como o de aquecer comida no microondas em recipientes porque o calor facilita o intercâmbio de moléculas. Passe sempre os alimentos para um recipiente com vidro.  

Marisol Nuevo

Guiainfantil.com