O consumo de cerveja sem álcool durante o aleitamento materno

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Todos nós sabemos que o consumo de álcool durante o aleitamento é contraindicado, devido à quantidade de álcool que passa ao leite é a mesma que a mãe passa ao sangue e ao seu bebê. 

O que não sabíamos até agora é que parece ser que a cerveja sem álcool traz benefícios ao aleitamento materno. Segundo um estudo, isso pode aumentar em 30% a capacidade antioxidante do leite materno. 

Antioxidantes que beneficiam o leite materno

o-consumo-de-cerveja-sem-álcool-aleitamento A

O estudo desenvolvido pela Universidade de Valencia e do Hospital Doctor Peset, um produto tão rico em oxidantes como a cerveja sem álcool pode modificar a capacidade antioxidante do leite materno. Na pesquisa foram analisadas 80 mulheres saudáveis com bebês nascidos com o peso adequado. A metade das mulheres participantes foi administrada 660 ml diários de cerveja sem álcool na sua dieta. O resultado revelou um aumento de 30% da capacidade de antioxidantes do leite materno. O que isso quer dizer? Que os antioxidantes reduzem o risco que as crianças sofram de doenças cardiovasculares. 

O que são os antioxidantes? São substâncias que podem eliminar os efeitos prejudiciais dos radicais livres nas células e que, portanto, ajudam a evitar e prevenir doenças cardiovasculares, alguns tipos de câncer e outras doenças neurológicas. A mãe também pode se beneficiar dessa substância através do consumo de algumas frutas como a manga, o abacaxi e o kiwi, ou de verduras como os brócolis, cenouras e a couve-flor. O azeite de oliva, assim como os frutos secos também são ricos em antioxidantes. 

Muito cuidado com as cervejas sem álcool 

Se depois de conhecer esse estudo você está pensando em tomar cerveja sem álcool durante o aleitamento, há que ter claro que uma cerveja sem álcool (‘sem’) não é a mesma que a cerveja light e tão pouco a mesma que uma cerveja 0,0, segundo a revista Cunsumer.  

- A cerveja sem álcool, por exemplo, deveria chamar-se ‘sem tanto álcool’, já que dependendo da marca pode conter concentrações de álcool que podem variar de 0,7 a 0,9%. O ‘sem’ álcool nem sempre é sinônimo de ausência de álcool.

- A cerveja 0,0, pelo contrário, assegura a ausência total de álcool em sua composição. 

- A cerveja light aporta menos calorias ao organismo que uma cerveja convencional, mas não está isenta de álcool. Dependendo da marca pode apresentar de 2,4 a 3,5% de álcool na sua composição. 

Assim que, se você estiver dando o peito ao seu bebê, muito cuidado com a composição da cerveja que você irá consumir. 

Vilma Medina

Diretora de GuiaInfantil.com